0

Nova placa Mercosul: como fica a numeração de seu carro

Carros novos já saem com a nova placa. Para quem for trocar, existe uma tabela trocando número por letra. Tire suas dúvidas

3 fev 2020
06h30
  • separator
  • 0
  • comentários

Esta é a primeira semana cheia em vigor das novas placas Mercosul, que passaram a ser obrigatórias no dia 31 de janeiro. A nova placa segue o mesmo padrão em todos os países que pertencem ao bloco: Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Venezuela (países membros), Bolívia, Chile, Colômbia, Peru, Equador, Venezuela, Guiana e Suriname (países associados). As novas placas já foram implantadas na Argentina e no Uruguai e está em andamento no Brasil. Os próximos países a adotá-las serão o Paraguai e a Venezuela.

As novas placas permitem 450 milhões de configurações para carros e motos.
As novas placas permitem 450 milhões de configurações para carros e motos.
Foto: Detran / Divulgação

Mas nem todos os carros precisam adotar as novas placas. Existem quatro situações em que elas são obrigatórias: 1) no primeiro emplacamento; 2) na transferência de município (apenas uma vez); 3) na troca de categoria do veículo; 4) placa antiga ilegível ou danificada. De qualquer forma, quem quiser fazer a troca de forma espontânea também pode, desde que as placas já estejam disponíveis em seu Estado.

A principal diferença em relação às placas antigas é a inversão da quantidade de letras e números. Nas novas, são quatro letras e três números; nas antigas, eram três letras e quatro números. Portanto, com 26 opções de letras em quatro configurações, o número de combinações sobe para 450 milhões. Segundo estudos da consultoria Jato Dynamics, a frota brasileira tem cerca de 46 milhões de veículos. Quanto às motos, os estudos indicam cerca de 15 milhões de veículos. O tamanho das novas placas é o mesmo das antigas, tanto para automóveis quanto para motocicletas.

O tamanho da nova placa é igual ao da antiga; troca nos usados é opcional.
O tamanho da nova placa é igual ao da antiga; troca nos usados é opcional.
Foto: Detran / Divulgação

As novas placas têm três letras seguidas, um número, uma letra e depois mais dois números. Exemplo: AAA 1A11. Ao contrário das placas antigas, que tinha várias cores, o fundo das placas agora é sempre branco, o que muda é a cor das letras e números, com o seguinte critério:

Preto: carros particulares;

Vermelho: táxis, veículos comerciais e de autoescola;

Azul: carros oficiais;

Verde: carros de teste;

Dourado: carros diplomáticos;

Prateado: modelos de coleção.

Agora todas as placas têm fundo branco, mas os números mudam de cor de acordo com a categoria do veículo.
Agora todas as placas têm fundo branco, mas os números mudam de cor de acordo com a categoria do veículo.
Foto: Detran / Divulgação

Para quem substituir a placa atual do veículo, o segundo algarismo será substituído por uma letra. Exemplo: AAA 1111 passará a ser AAA 1B11. Outro exemplo: XYZ 1234 passará a ser XYZ 1C34. Isso porque a cada segundo número da placa antiga corresponderá uma letra, a saber:

  • 0 = A
  • 1 = B
  • 2 = C
  • 3 = D
  • 4 = E
  • 5 = F
  • 6 = G
  • 7 = H
  • 8 = I
  • 9 = J

 

Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade