0

Nissan Magnite será feito no Brasil com motor 1.0 de 100 cv

Nissan divulga na Índia os detalhes do novíssimo SUV Magnite, que será menor que o Kicks e terá motor aspirado de 72 cv e turbo de 100 cv

3 nov 2020
12h30
atualizado em 6/11/2020 às 23h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Nissan Magnite: futuro SUV nacional chega em 2022.
Nissan Magnite: futuro SUV nacional chega em 2022.
Foto: Nissan / Divulgação

A Nissan terá mais um SUV fabricado no Brasil a partir de 2022. Trata-se do Magnite, um modelo totalmente novo que será menor do que o Kicks. O carro tem a proposta de ser um SUV bastante compacto, com menos de 4 metros, e bastante versátil. Na Índia ele chega primeiro, por isso a Nissan já divulgou todos os dados técnicos do veículo.

O novíssimo Nissan Magnite terá quatro versões e duas opções de motor: XE, XL, XV e XV Premium. Todas as versões terão opção de câmbio manual de cinco marchas. As versões XL, XV e XV Premium terão também câmbio CVT. Os dois motores serão 1.0, mas com potências diferentes.

Nissan Magnite: porta-malas com capacidade para 360 litros.
Nissan Magnite: porta-malas com capacidade para 360 litros.
Foto: Nissan / Divulgação

As versões de entrada utilizarão o motor 1.0 aspirado de 72 cv de potência (6.250 rpm) e 96 Nm de torque (3.500 rpm). As versões superiores utilizarão o motor 1.0 turbo de 100 cv a 5.000 rpm e 160 Nm entre 2.800 e 3.600 rpm. O Nissan Magnite pesará de 939 kg na versão de entrada e 1.034 kg na topo de linha.

Nissan Magnite: painel TFT e multimídia tátil de 8".
Nissan Magnite: painel TFT e multimídia tátil de 8".
Foto: Nissan / Divulgação

O pequeno SUV da Nissan mede 3,994 m de comprimento, 1,758 m de largura e 1,572 m de altura. A distância entre-eixos é de 2,500 m. Segundo a Nissan, há um espaço de 70 cm para os passageiros. O porta-malas tem capacidade para 336 litros, podendo chegar a 690 litros com o banco traseiro rebatido. A ideia foi economizar espaço em tudo. O tanque de combustível do Magnite tem 40 litros de capacidade.

Nissan Magnite: motor 1.0 aspirado de 72 cv e 1.0 turbo de 100 cv.
Nissan Magnite: motor 1.0 aspirado de 72 cv e 1.0 turbo de 100 cv.
Foto: Nissan / Divulgação

As versões superiores do Nissan Magnite virão muito bem equipadas. Há luzes de neblina de LED, rodas de liga leve, direção elétrica, controle de estabilidade, controle de tração, freios com ABS e EBD, piloto automático e assistente de partida em subida, entre outros itens. Na Índia, o carro terá apenas os dois airbags frontais; no Brasil, certamente terá mais, pelo menos com o opcional.

Nissan Magnite: 70 cm de espaço para os passageiros.
Nissan Magnite: 70 cm de espaço para os passageiros.
Foto: Nissan / Divulgação

O painel de instrumentos é digital, com tela TFT de 7”. A central multimídia tem tela de 8” totalmente tátil (sem botões) e conectividade Android Auto e Apple CarPlay. Quanto às rodas e pneus, haverá duas medidas: 185/65 R15 para as versões de entrada e 195/60 R16 para as versões superiores. A Nissan não divulgou em que momento de 2022 o Magnite estreará no mercado brasileiro.

Nissan Magnite: entre-eixos de 2,500 metros.
Nissan Magnite: entre-eixos de 2,500 metros.
Foto: Nissan / Divulgação

 

Veja também:

Porsche Taycan, o carro elétrico que é uma obra-prima
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade