0

Jogo rápido: Nissan Kicks SV 1.6 AT 2020

Em relação à versão de entrada com câmbio CVT, o Kicks SV inclui itens de conforto e detalhes no visual. Seis airbags só com o Pack Plus

18 out 2019
12h22
atualizado às 15h26
  • separator
  • 0
  • comentários

O que é novo

  • Na linha 2020, as versões do Nissan Kicks equipadas com câmbio CVT passaram a contar com piloto automático e apoio de braço para o motorista. 
  • Agora, estão disponíveis LEDs diurnos e sistema de áudio com Android Auto e Apple CarPlay para todas as versões do SUV.
Nissan Kicks SV 1.6 CVT 2020.
Nissan Kicks SV 1.6 CVT 2020.
Foto: Divulgação

O que nós gostamos

  • A central multimídia de 7’’ é intuitiva. A presença de botões físicos no volante e no sistema de som contribuem para a ergonomia dentro da cabine.
  • A coluna de direção, que pode ser ajustada em altura e profundidade, aliada às regulagens do banco, ajudam a encontrar uma boa posição de dirigir o SUV.
  • O design do Nissan Kicks também é ponto forte. A carroceria tem vincos marcantes e o conjunto ótico saliente traz bastante personalidade ao modelo. 
  • Os bancos dianteiros, desenvolvidos pela Nasa, contam com tecnologia Zero Gravity e contribuem para o conforto em viagens mais longas. 
  • Apesar de desenvolver a maior parte da potência e do torque em giros mais altos, o motor 1.6 flex de 114 cv dá conta do recado em circuitos urbanos, graças ao baixo peso do Nissan Kicks (1.142 kg) e ao trabalho aerodinâmico da carroceria. 
  • A direção elétrica é leve e agradável nas manobras. Em altas velocidades, fica mais firme e passa confiança ao motorista em altas velocidades.
  • As suspensões atendem bem ao perfil de terreno brasileiro. Ao passar por trechos de superfícies irregulares, o conjunto absorve bem os impactos e as imperfeições do piso, com baixo nível de vibrações para o interior da cabine.
  • Como diferencial para a versão de entrada com câmbio CVT, o Kicks SV inclui itens como chave presencial, partida do motor por botão, faróis de neblina, câmera de ré integrada ao rádio, sensor de estacionamento, repetidor de seta nos retrovisores e rodas de liga leve aro 17.
Nissan Kicks SV 1.6 CVT 2020.
Nissan Kicks SV 1.6 CVT 2020.
Foto: Divulgação

O que pode melhorar

  • Pelo fato de ser leve, ter motor 1.6 e utilizar transmissão CVT, o Nissan Kicks deveria consumir menos combustível. Em situações de maior exigência do motor, o consumo se eleva bastante, ainda mais em ciclo urbano.
  • A pequena capacidade do tanque de combustível (41 litros) exige paradas frequentes para abastecimento durante viagens mais longas.
  • Para ter airbags laterais e de cortina é necessário optar pela versão SV Pack Plus, que custa R$ 3.000 adicionais. 
  • Ao contrário de alguns concorrentes, o Kicks não conta com freio de estacionamento eletrônico nem nas versões mais caras.
  • O câmbio CVT tem comportamento suave e simula seis velocidades, porém não é possível trocar as marchas por aletas atrás do volante nem pela manopla da transmissão.

Os números

  • Ano: 2019
  • Preço: R$ 92.790
  • Motor: 1.6 flex
  • Potência máxima: 114 cv (e)
  • Torque máximo: 152 Nm (e)
  • Câmbio: 6 marchas CVT
  • Comprimento: 4,295 m 
  • Largura: 1,760 m 
  • Altura:  1,590 m
  • Entre-eixos: 2,610 m
  • Peso: 1.133 kg
  • Pneus: 205/55 R17
  • Porta-malas: 432 litros
  • Tanque: 41 litros
  • 0-100 km/h: 12s4
  • Velocidade máxima: 175 km/h
  • Consumo cidade: 11,4 km/l (g)
  • Consumo estrada: 13,7 km/l (g)
  • Emissão de CO2: 109 g/km
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade