PUBLICIDADE

Tecido humano criado em máquina se transforma em "pele ciborgue"

29 ago 2012 10h54
| atualizado às 11h02
Publicidade

Cientistas da Universidade Harvard conseguiram criar um pedaço de tecido humano ao redor de um complexo aglomerado de nanofios e transitores, desenvolvendo o que chamaram de "pele ciborgue", capaz de transmitir informações como a frequência cardíaca do corpo. O estudo, publicado na revista científica Nature Materials, descreve como foi possível criar um vaso sanguíneo humano, bem como estruturas mais complexas, a partir de sensores incorporados na carne.

Células humanas criadas ao redor de dispositivo eletrônico podem revolucionar aplicação da medicina
Células humanas criadas ao redor de dispositivo eletrônico podem revolucionar aplicação da medicina
Foto: Reprodução

A técnica, que ainda está em fase inicial de desenvolvimento, pode ser usada para testar novos medicamentos e providenciar informações precisas. A descoberta poderia também ser usada para criar versões biológicas de máquinas que atualmente são incorporadas ao corpo humano, como marca-passos. A maior importância dessa inovação seria oferecer formas mais adequadas de comunicação entre células e fontes exteriores - algo que ainda está sendo trabalhado pelos pesquisadores.

Com informações do The Verge.

Fonte: Terra
Publicidade