0

Governo faz inspeções aos escritórios da Microsoft na China

A Microsoft tem passado por tempos difíceis na China, um clamor da mídia estatal pede "punição severa" às empresas acusadas de ajudar a espionagem americana

28 jul 2014
12h14
atualizado às 13h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>A Microsoft tem sido foco de um sentimento anti-tecnologia norte-americana na China desde que Edward Snowden, revelou os abrangentes programas de espionagem</p>
A Microsoft tem sido foco de um sentimento anti-tecnologia norte-americana na China desde que Edward Snowden, revelou os abrangentes programas de espionagem
Foto: Edgar Su / Reuters

Autoridades do governo chinês fizeram visitas súbitas aos escritórios da Microsoft na China, disse uma porta-voz da companhia nesta segunda-feira, sem revelar os motivos para as inspeções. 

A Administração Estatal para Indústria e Comércio da China, que segundo notícias da mídia chinesa fez as visitas aos escritórios da Microsoft em Pequim, Xangai, Guangzhou e Chengdu, não quis dar comentários fora do horário comercial.

A Microsoft tem sido foco de um sentimento anti-tecnologia norte-americana na China desde que o ex-prestador de serviços da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês), Edward Snowden, revelou os abrangentes programas de espionagem, incluindo o Prism, que usava tecnologia de companhias norte-americanas para a ciberespionagem.

Em um comunicado via e-mail, a porta-voz da Microsoft declarou que a empresa busca "desenvolver produtos que entregam os recursos, a segurança e a confiabilidade que os consumidores esperam e ficamos felizes de responder às perguntas do governo", mas não quis dar mais detalhes.

Maior companhia de softwares do mundo tem passado por tempos difíceis na China, incluindo um clamor feito pela mídia estatal por uma "punição severa" contra empresas americanas de tecnologia por ajudar o governo dos Estados Unidos a roubar segredos e monitorar a China.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade