0

Funcionários do Facebook vão trabalhar remotamente até julho de 2021

A empresa também afirmou que vai disponibilizar US$ 1 mil adicionais para seus funcionários, a fim de cobrir os custos do home office

7 ago 2020
16h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Facebook anunciou nesta sexta-feira, 7, que seus funcionários poderão trabalhar remotamente até julho de 2021, por conta da pandemia do novo coronavírus. Desde o começo da quarentena, em março, quase todos os 48 mil funcionários da companhia estão trabalhando de casa.

"Com base na orientação de especialistas de saúde e do governo, bem como nas decisões extraídas de nossas discussões internas sobre esses assuntos, estamos permitindo que os funcionários continuem trabalhando voluntariamente em casa até julho de 2021", afirmou um porta-voz da empresa em comunicado nesta sexta.

O Facebook também afirmou que vai disponibilizar US$ 1 mil adicionais para seus funcionários, a fim de cobrir os custos do home office.

Em março, o presidente executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, revelou planos de manter o trabalho remoto mesmo após a pandemia. "Acho que é possível que nos próximos 5 a 10 anos a gente permita que cerca de metade da empresa trabalhe remotamente de forma permanente", disse Zuckerberg em um entrevista com site The Verge à época.

No mês passado, o Google também anunciou que vai manter a vasta maioria de seus 200 mil empregados e funcionários terceirizados trabalhando de casa até julho de 2021. A decisão afeta não apenas os funcionários do Google, mas também de todas as empresas da Alphabet, holding que controla a gigante de buscas.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade