1 evento ao vivo

Cápsula da SpaceX retorna à costa da Flórida

Retorno da Crew Dragon encerra a primeira missão de testes orbitais da Nasa para realizar viagens espaciais com humanos a partir dos EUA

8 mar 2019
12h09
atualizado às 16h38
  • separator
  • comentários

Uma cápsula não tripulada da SpaceX, do bilionário Elon Musk, caiu no Oceano Atlântico na manhã desta sexta-feira, regressando após uma estadia de curta duração na Estação Espacial Internacional.

O retorno da cápsula encerrou a primeira missão de testes orbitais da agência espacial norte-americana, Nasa, que tenta retomar ainda neste ano as viagens espaciais com humanos a partir dos EUA.

Cápsula da SpaceX cai no Oceano Atlântico
08/03/2019
NASA/via REUTERS
Cápsula da SpaceX cai no Oceano Atlântico 08/03/2019 NASA/via REUTERS
Foto: Reuters

Após uma missão de cinco dias no posto orbital, a cápsula Crew Dragon se separou de forma autônoma da estação por volta das 4h30 da manhã (horário de Brasília) desta sexta-feira e disparou de volta à superfície terrestre, atingindo velocidades hipersônicas antes de cair no Atlântico às 10h45, a aproximadamente 320 quilômetros da costa da Flórida.

Um foguete da SpaceX lançou a cápsula de quase 5 metros de altura do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, no sábado passado.

A primeira missão deste tipo, antes do voo de teste tripulado da SpaceX programado para junho, levou aproximadamente 180 quilos de equipamento de teste para a estação espacial, incluindo um boneco chamado Ripley, equipado com sensores em volta da cabeça, pescoço e coluna para monitorar o impacto da viagem sobre um humano.

A tripulação de três membros da estação espacial recebeu a cápsula no último domingo, com a astronauta norte-americana Anne McClain e o astronauta canadense David Saint-Jacques entrando na cabine da Crew Dragon para realizar testes e inspeções de qualidade do ar.

Veja também:

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade