0

Telescópio Hubble captura imagem da estrela mais distante já vista da Terra

2 abr 2018
17h56
  • separator
  • comentários

Localizada a incríveis 9 bilhões de anos-luz a partir da Terra, a estrela supergigante MACS J1149 Lensed Star 1 (LS1), apelidada de Icarus, pôde ser observada pelo telescópio espacial Hubble graças ao fenômeno das lentes gravitacionais. O registro foi possível por conta de um raro alinhamento cósmico no instante da observação.

Capturar imagens de estrelas muito distantes (a mais de 100 milhões de anos-luz) é algo muito difícil, uma vez que se torna impossível diferenciar a luz de estrelas dentro de uma galáxia. Mas, graças à lente gravitacional, em que os campos de gravidade de outros objetos massivos causam uma aparente distorção na luz emitida, essa observação acaba sendo possível pelo fato de a lente gravitacional funcionar como uma espécie de lente de aumento naquele local em questão, ainda que produza imagens distorcidas.

No caso da Icarus, a lente gravitacional proporcionou um "zoom" de mais de 2 mil vezes, quando, normalmente, o fenômeno aproxima a luz de objetos distantes em 50 vezes, em média. A observação, agora, fornece mais informações aos astrônomos para que eles sigam estudando estrelas individuais que se formaram nos primórdios da criação do universo.

Registro da estrela Icarus graças às lentes gravitacionais (Foto: NASA, ESA, P. Kelly)
Registro da estrela Icarus graças às lentes gravitacionais (Foto: NASA, ESA, P. Kelly)
Foto: Canaltech

"Pela primeira vez estamos vendo uma estrela individual normal - não uma supernova, não uma emissão de raios gama, mas sim uma única e estável estrela - a uma distância de nove bilhões de anos-luz", explicou Alex Filippenko, professor de astronomia da Universidade de Berkeley e co-autor do estudo.

A estrela foi descoberta enquanto a equipe monitorava uma supernova descoberta em 2014 usando o Hubble direcionado à constelação de Leão. Icarus é uma estrela gigante azul, categoria que engloba as estrelas com massa 18 vezes maior do que o Sol, e extremamente quentes e luminosas.

Canaltech Canaltech

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade