PUBLICIDADE

Pai e filho morrem após queda de avião entre RO e MT

Os destroços foram encontrados hoje (30) pela manhã, e as vítimas foram o piloto e pecuarista Garon Maia e seu filho de 12 anos, identificado apenas como Kiko

30 jul 2023 - 15h40
Compartilhar
Exibir comentários

Um avião monomotor caiu em uma região de mata fechada na divisa entre os Estados de Rondônia e Mato Grosso. Os destroços foram encontrados hoje (30) pela manhã, e as vítimas foram o piloto e pecuarista Garon Maia e seu filho de 12 anos, identificado apenas como Kiko.

(
(
Foto: Reprodução/Facebook / Perfil Brasil

A aeronave, um Beechcraft Bonanza A-36, decolou no sábado (29) do aeroporto de Vilhena, em Rondônia, por volta de 17h50 rumo a uma fazenda. Aproximadamente cinco minutos depois, desapareceu do radar. Equipes de busca sobrevoaram o local ainda na noite de ontem, porém, nada foi encontrado. Foi somente na manhã deste domingo que militares encontraram os destroços do avião e os corpos de pai e filho, após entrarem à pé na mata. As informações foram repassadas pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo relatos, Garon Maia tinha experiência como piloto de avião monomotor.

Um amigo da vítima, Cleto Fontoura, lamentou as mortes por meio de redes sociais. "Uma pessoa maravilhosa . Garon Maia Filho e seu filho Kiko. Ainda sabendo que a morte vem de Deus, quando nós não a provocarmos, não podemos, por enquanto, na Terra receber a morte com alegria porque ninguém recebe um adeus com felicidade, mas podemos receber a separação com fé em Deus, entendendo que um dia nos reencontraremos todos numa vida maior e essa esperança deve aquecer-nos o coração", disse.

Os possíveis motivos da queda começarão a ser investigados a partir de segunda-feira (31) pelo Centro de Investigação de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), de acordo com o portal g1.

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade