PUBLICIDADE

Rússia quer abrir fábrica de fuzis Kalashnikov na Venezuela

Plano é para 2019

21 ago 2018 08h55
| atualizado às 09h02
ver comentários
Publicidade

A Rússia planeja abrir em 2019 uma unidade de produção de fuzis Kalashnikov na Venezuela, disse a empresa exportadora de armas russa Rosoboronexport nesta terça-feira (21), segundo a agência de notícias RIA.

Já segundo outra agência, a Interfax, a Rosoboronexport começará a exportar seu avançado sistema de defesa antimísseis S-400 à Turquia em 2019.

Fuzis Kalashnikov em posto militar da Armênia 08/04/2016 REUTERS/Staff
Fuzis Kalashnikov em posto militar da Armênia 08/04/2016 REUTERS/Staff
Foto: Reuters

Os Estados Unidos têm expressado preocupação de que a implementação do sistema S-400 pela Turquia, integrante da Otan, possa colocar em risco a utilização de diversas armas fabricadas pelo país norte-americano utilizadas pelos turcos, como o caça F-35.

A Rosoboronexport informou, ainda, que utilizará moedas locais nos acordos de comércio exterior em vez do dólar, segundo a RIA.

Veja também

Top Político: Pesquisas mostram que Lula mantém liderança, seguido por Bolsonaro:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade