PUBLICIDADE

Refugiada ucraniana pivô de separação desabafa: "Não roubei ninguém"

A ucraniana Sofiia Karkadym se refugiou na casa do britânico Tony Garnett. O homem era casado e deixou a família para viver com a jovem

27 jun 2022 - 19h04
Ver comentários
Publicidade

O nome da refugiada ucraniana Sofiia Karkadym, de 22 anos, ganhou o mundo no último mês quando veio a tona que o segurança britânico Tony Garnett, de 29 anos, deixou sua esposa e seus dois filhos para viver com a mulher que abrigou em sua casa como refugiada.

Sofiia resolveu falar pela primeira vez após o caso repercutir globalmente no final de maio. A jovem disse, em carta aberta nas redes sociais que não "roubou ninguém" e que não é uma "destruidora de lares". Tony e sua família receberam Sofiia em Bradford, no Reino Unido, depois dela fugir de sua cidade natal, Lviv, em razão da devastação provocada pela invasão russa.

Refugiada ucraniana pivô de separação desabafa: "Não roubei ninguém"
Refugiada ucraniana pivô de separação desabafa: "Não roubei ninguém"
Foto: Reprodução

"A primeira coisa que quero dizer é que não roubei ninguém da família. Foi uma decisão pensada e consciente de um homem de 29 anos que tem o direito de se apaixonar, de ser feliz e de escolher com quem ele quer estar.", disse ela post nas redes sociais.

O casal está vivendo junto na casa dos pais de Tony. A sua esposa, Lorna Garnett, segue na antiga residência da família com os seus dois filhos.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade