0

Província italiana inicia testagem de 350 mil pessoas

Bolzano tem maior índice de casos ativos do Sars-CoV-2 no país

20 nov 2020
14h07
atualizado às 14h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Começou na manhã desta sexta-feira (20) o programa de testagem em massa para o novo coronavírus em Bolzano, província mais setentrional da Itália e que está em quarentena para conter a pandemia.

Fila para testagem para Covid-19 em Bolzano, capital da província homônima
Fila para testagem para Covid-19 em Bolzano, capital da província homônima
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

O objetivo da iniciativa é submeter 70% da população (350 mil pessoas) a exames moleculares (RT-PCR) rápidos para o Sars-CoV-2. Só não foram convocados aqueles que já são testados regularmente, pessoas recém-curadas da Covid-19 e crianças de menos de cinco anos.

O programa de testagem será feito até domingo (22), e a coleta da amostra dura entre dois e três minutos. O cidadão recebe o resultado por email e, em caso positivo, deve iniciar uma quarentena de 10 dias Nas primeiras oito horas, cerca de 82,9 mil pessoas já haviam feito a coleta, com a detecção de 1.256 casos do novo coronavírus, ou 1,5% do total. A participação na iniciativa é voluntária.

Bolzano está em quarentena por decisão do governador Arno Kompatscher desde a semana passada, embora não tenha sido incluída na área de lockdown pelo governo italiano.

A província tem atualmente 11.511 casos ativos do Sars-CoV-2, o que representa 2.163 para cada 100 mil habitantes, índice pior que o das 20 regiões da Itália, incluindo o Trentino-Alto Ádige (1.354/100 mil hab.), do qual Bolzano faz parte.

De acordo com o último boletim do Ministério da Saúde, a província já registrou 20.117 contágios e 446 mortes na pandemia.

Veja também:

Maior edifício impresso em 3D da Europa está em construção
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade