PUBLICIDADE

Papa cobra sociedade para não descartar idosos

O pontífice disse que a sociedade que descarta os mais velhos carrega o vírus da morte

4 mar 2015 16h38
| atualizado às 16h48
ver comentários
Publicidade
<p>Francisco disse que os progressos da medicina proporcionaram um prolongamento da vida, aumentando a parcela dos mais velhos na população</p>
Francisco disse que os progressos da medicina proporcionaram um prolongamento da vida, aumentando a parcela dos mais velhos na população
Foto: EFE en español

O papa Francisco afirmou nesta quarta-feira (4) que uma sociedade que descarta os mais velhos carrega o "vírus da morte". Toda a audiência geral do dia foi dedicada com bastante veemência pelo Pontífice ao papel dos idosos no mundo, assim como será a da semana que vem.

 

 

"Uma sociedade seguirá em frente se souber respeitar a sabedoria. Mas, se não houver lugar para os idosos, essa sociedade levará consigo o vírus da morte", disse o papa. Francisco ainda acrescentou que os progressos da medicina proporcionaram um prolongamento da vida, aumentando a parcela dos mais velhos na população.

México diz que resolveu discordância com Papa :

Contudo, segundo ele, as sociedades ainda não se organizaram suficientemente bem para dar a essas pessoas um lugar que faça jus a sua dignidade e fragilidade. "Enquanto jovens, somos induzidos a ignorar a velhice, como se fosse uma doença. Quando somos velhos, especialmente se pobres, sozinhos e doentes, experimentamos a luz de uma sociedade programada para a eficiência", ressaltou o Papa.

 

Fonte: ANSA Brasil
Publicidade
Publicidade