0

Juncker diz que não vai haver nova extensão do Brexit sem que acordo seja aprovado em Londres

3 abr 2019
10h30
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse que o Reino Unido não terá novos adiamentos para o Brexit a menos que o Parlamento britânico ratifique o acordo de saída da União Europeia até o limite máximo de 12 de abril.

Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em Bruxelas
03/04/2019
REUTERS/François Lenoir
Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em Bruxelas 03/04/2019 REUTERS/François Lenoir
Foto: Reuters

"O décimo segundo dia de abril é o prazo final para a aprovação do Acordo de Retirada pela Câmara dos Comuns", disse Juncker ao Parlamento Europeu. "Se isso não for feito até lá, então nenhum breve adiamento será possível."

A saída "sem acordo à meia-noite de 12 de abril é agora um cenário bem provável. Não é o desfecho que quero. No entanto, é um desfecho para o qual me certifiquei de que a UE está pronta."

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade