PUBLICIDADE

Mundo

Jantar inaugural do G7 na Itália terá peixes, massa e vinho

País receberá próximo encontro de lideres entre 13 e 15 de junho

11 jun 2024 - 11h18
(atualizado às 11h51)
Compartilhar
Exibir comentários

A Itália, que vai sediar a próxima cúpula de líderes mundiais do G7, em Borgo Egnazia, na região da Puglia, oferecerá no jantar inaugural do evento, agendado para 13 de junho, um menu "light" de ao menos quatro pratos.

    Em entrevista à ANSA, o diretor da empresa que será responsável pela organização desse encontro em Brindisi, Pierangelo Argentieri, afirmou que os líderes comerão "pratos tradicionais" da região italiana.

    "Vão ser comidas tradicionais da Puglia e serão utilizados todos os ingredientes da região. Também terão peixes e muito mais", comentou o empresário.

    Um dos pratos que está previsto para ser oferecido é um peixe-escorpião com tomate seco e ervas aromáticas, acompanhado de barattiere, uma tradicional variedade de melão encontrada no sul da Itália.

    Além dele, os líderes vão saborear um tortelli recheado com peixe-tubo e anchovas defumadas, bem como um pargo com amêndoas da cidade de Toritto e creme de burrata de Andria.

    Entre as bebidas, a comida será acompanhada por um renomado vinho local, um popular licor de Brindisi e o tradicional café.

    Os líderes, seus funcionários e diplomatas serão recebidos em três salas distintas.

    Os chefes de Estado e governo de Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão e União Europeia vão se hospedar em um resort de luxo no sul do país liderado pela primeira-ministra Giorgia Meloni. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade