0

França prende suspeitos de planejar atentado contra Macron

Segundo a imprensa local, indivíduos são militantes de ultradireita

6 nov 2018
10h57
atualizado às 11h07
  • separator
  • 0
  • comentários

A polícia da França prendeu na manhã desta terça-feira (6) seis pessoas suspeitas de planejar um atentado contra o presidente Emmanuel Macron. Segundo a imprensa local, os indivíduos são militantes de ultradireita. As prisões foram efetuadas nos departamentos de Isère, Ille-et-Vilaine e Moselle.

Macron durante entrevista em Paris
 15/10/2018    REUTERS/Philippe Wojazer
Macron durante entrevista em Paris 15/10/2018 REUTERS/Philippe Wojazer
Foto: Reuters

O Ministério Público de Paris abriu um inquérito preliminar por "associação terrorista". De acordo com a emissora "BFMTV", a investigação apura um "projeto impreciso e mal definido de ação violenta contra Emmanuel Macron".

Os suspeitos foram colocados em regime de prisão preventiva e são próximos a ambientes de ultradireita. O objetivo do inquérito é identificar a real natureza da ameaça, mas as autoridades não deram mais informações sobre o caso até o momento.

A França foi palco de inúmeros atentados terroristas nos últimos anos, mas sempre de inspiração jihadista islâmica, como os ataques que mataram 130 pessoas em Paris em 13 de novembro de 2015.

Veja também

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade