PUBLICIDADE

Queda de jatos militares deixa 4 pilotos mortos na Turquia

Aviões caíram no distrito de Akcadag, mais de 150 quilômetros ao norte da fronteira com a Síria

24 fev 2015 17h20
| atualizado às 17h36
ver comentários
Publicidade
Veículos militares turcos que fizeram parte de operação dentro da Síria, na cidade de Suruc. 23/02/2015
Veículos militares turcos que fizeram parte de operação dentro da Síria, na cidade de Suruc. 23/02/2015
Foto: Stringer / Reuters

Dois aviões militares turcos caíram durante um exercício de treinamento nesta terça-feira na província turca central de Malatya, matando todos os quatro tripulantes, afirmou o Exército.

O contato foi perdido com as aeronaves de reconhecimento RF-4E depois que decolaram da base aérea de Malatya para um treinamento noturno programado, de acordo com uma declaração no site do Chefe do Estado Maior.

"As operações de busca foram iniciadas imediatamente. Às 20h45 os destroços dos nossos dois jatos foram encontrados e, infelizmente, quatro pilotos morreram", acrescentou o comunicado. Ainda não foi dada nenhuma razão para as quedas.

Os aviões caíram no distrito de Akcadag, mais de 150 quilômetros ao norte da fronteira com a Síria, informou uma fonte militar à Reuters.

Grupo de extrema-esquerda turco reivindica atentado em Istambul:

A Turquia tem a segunda maior Força Armada da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e nos últimos anos seus caças têm desempenhado um papel ativo no patrulhamento das suas problemáticas fronteiras com os vizinhos Iraque e Síria.

Em 2012, a Força Aérea síria derrubou um F-4 turco sobre o mar Mediterrâneo.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade