PUBLICIDADE

Papa Francisco faz oração por vítimas de ataque em Paris

Vaticano tem procurado melhorar as relações com o islã, que ficaram tensas nos primeiros tempos do papa Bento 16

8 jan 2015 12h41
| atualizado às 13h51
ver comentários
Publicidade
Papa Francisco durante audiência-geral semanal no Vaticano. 07/01/2015
Papa Francisco durante audiência-geral semanal no Vaticano. 07/01/2015
Foto: Max Rossi / Reuters

Francisco lamenta crueldade de autores do atentado ao semanário "Charlie Hebdo" e diz esperar que Deus "mude seus corações". No Twitter, pede orações pelos 12 mortos.

Saiba quem são as 12 vítimas fatais do atentado em Paris

O papa Francisco orou nesta quinta-feira (08/01) pelas vítimas do atentado ao semanário francês Charlie Hebdo, durante a tradicional missa da manhã na Capela Santa Marta, no Vaticano.

Francisco também lamentou a crueldade humana. "O homem é capaz de tanta crueldade", disse o papa, antes de pedir uma oração pelas vítimas do ataque.

"O ataque de ontem nos faz pensar sobre tanta crueldade, crueldade humana, sobre tanto terrorismo, terrorismo isolado e de Estado", disse Francisco. Ele também disse pedir "por aqueles que são cruéis, para que o Senhor mude seus corações".

Papa nomeia 20 novos cardeais, com foco em não-europeus:

Em sua conta no Twitter, Francisco postou o hashtag #PrayersForParis (orações por Paris).

O pontífice também enviou um telegrama de condolências ao líder da Igreja Católica na França – o arcebispo de Paris, cardeal André Vingt-Trois –, condenando a violência e expressando sua solidariedade com o povo francês.

Na quarta-feira, Francisco expressou uma "firme condenação pelo horrível atentado que semeou morte", unindo-se à consternação da sociedade francesa. Por meio de um comunicado, o Vaticano informou que o papa rezava "pelo sofrimento dos feridos" e pelas famílias dos 12 mortos.

Francisco manifestou-se também contra a "difusão do ódio e qualquer forma de violência física e moral" que possam destruir a vida, violar a dignidade, atingindo radicalmente a convivência pacífica entre as pessoas e os povos.

O Vaticano tem procurado melhorar as relações com o islã, que ficaram tensas nos primeiros tempos do papa Bento 16. Francisco tem um longo histórico de promoção do diálogo inter-religioso.

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
Publicidade
Publicidade