0

EUA e Coreia do Sul decidem encerrar exercícios militares

A decisão foi anunciada poucos dias da cúpula entre Trump e Kim

3 mar 2019
09h43
atualizado às 12h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Os Estados Unidos e a Coreia do Sul decidiram neste domingo (3) suspender exercícios militares em grande escala e os substituir por simulações menores. O anúncio ocorre em um momento em que o governo de Donald Trump tenta fortalecer os laços com a Coreia do Norte. A decisão foi anunciada poucos dias depois que o republicano participou de sua segunda cúpula com o ditador norte-coreano, Kim Jong-um, no Vietnã, e faz parte dos "esforços diplomáticos para alcançar a desnuclearização completa da Península Coreana".
    Os dois países chegaram a um acordo durante um telefonema entre o ministro da Defesa sul-coreano, Jeong Kyeong-doo, e seu homólogo norte-americano, Patrick Shanahan, no último sábado (2).
    De acordo com declaração do Pentágono, os dois lados decidiram "concluir a série de exercícios 'Key Resolve' e 'Foal Eagle'". E em vez disso, vão realizar "treinamentos de manobras e exercícios de comando unidos para manter a prontidão militar", segundo o Ministério da Defesa de Seul. Considerado um dos maiores exercícios militares em conjunto, o Foal Eagle já gerou a revolta de Pyongyang, enquanto que o Key Resolve é acompanhado por um jogo de guerra liderado por militares. No ano passado, desde que Trump se reuniu com Kim pela primeira vez, em Singapura, os EUA e a Coreia do Sul têm suspendido diversos exercícios como forma de encorajar o Norte.

EUA e Coreia do Sul decidem encerrar exercícios militares
EUA e Coreia do Sul decidem encerrar exercícios militares
Foto: ANSA / Ansa - Brasil
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade