4 eventos ao vivo

Tempestade de neve nos Estados Unidos deixa 10 mortos

Cinco pessoas morreram durante os trabalhos de retirada das montanhas de neve sobre seus carros e casas

21 nov 2014
07h56
atualizado às 07h59
  • separator
  • 0
  • comentários

Dez pessoas morreram durante a tempestade de neve que castiga o nordeste dos Estados Unidos e paralisou, durante dias, várias comunidades.

As precipitações que caíram em apenas dois dias equivalem à quantidade de neve registrada em um ano inteiro
As precipitações que caíram em apenas dois dias equivalem à quantidade de neve registrada em um ano inteiro
Foto: Lindsay DeDario / Reuters

O número de mortos aumentou, após o falecimento de duas pessoas por hipotermia no condado de Niágara e na cidade de Boston, no condado de Erie, informaram funcionários locais à AFP.

Outras cinco pessoas morreram durante os trabalhos de retirada das montanhas de neve sobre seus carros e casas.

Dave Zaff, do Serviço Nacional de Meteorologia, informou à AFP que algumas áreas ao sul da cidade de Buffalo receberam até 1,8 m de neve desde o começo da tempestade.

Equipe de resgate ajuda idosa durante tempestade de neve nos Estados Unidos
Equipe de resgate ajuda idosa durante tempestade de neve nos Estados Unidos
Foto: Lindsay DeDario / Reuters

Segundo a organização, nesta quinta-feira podem cair entre 60 e 90 cm mais devido a um fenômeno que ocorre quando o ar gelado sobre a água quente dos lagos.

Também acrescentou que a visibilidade em muitas regiões é quase nula e provavelmente a tempestade será acompanhada de raios e trovões.

Enquanto isso, as autoridades declararam estado de emergência e proibições de viajar no oeste do estado de Nova York.

A tempestade colossal destruiu telhados, danificou casas e comércios, provocando o cancelamento de voos e bloqueou motoristas até por duas noites em estradas, inclusive a banda de rock Interpol.

O grupo informou que ficou bloqueado por mais de 50 horas fora de Buffalo, o que o forçou a cancelar duas apresentações em Montreal e Toronto, no Canadá.

Segundo especialistas, as precipitações que caíram em apenas dois dias equivalem à quantidade de neve registrada em um ano inteiro, um fenômeno que mobilizou 5.000 pessoas nos trabalhos de retirada de neve.

"Definitivamente, é histórica", disse Zaff, antecipando que a situação pode melhorar no fim de semana.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade