3 eventos ao vivo

Internautas ridicularizam logo "H" da campanha de Hillary

Logomarca foi comparada a um sinal de rua apontando para um hospital, ao símbolo da FedEx e até mesmo ao logo do partido fascista húngaro na Segunda Guerra Mundial

13 abr 2015
11h16
  • separator
  • comentários

O anúncio da campanha presidencial de Hillary Clinton gerou comentários no Twitter como esperado, mas parte da discussão rapidamente deixou de ser sobre a candidata e passou a ser sobre o novo logo, que recebeu grande reprovação.

<p>Hillary Clinton, que anunciou sua candidatura à Presidência dos EUA, durante evento em Nova York, em 12 de abril</p>
Hillary Clinton, que anunciou sua candidatura à Presidência dos EUA, durante evento em Nova York, em 12 de abril
Foto: Mike Segar / Reuters

A letra "H" em azul com uma seta vermelha na horizontal parece um sinal de rua apontando para um hospital, de acordo com alguns; tem muita semelhança com a logo da FedEx, disseram outros; e poderia facilmente ser comparado com a logo do partido fascista húngaro na Segunda Guerra Mundial, disse um jornalista do site Business Insider.

Siga o Terra Notícias no Twitter

O pior, alguns comentaram, para a eventual candidata do Partido Democrata à Presidência dos EUA na eleição de 2016: a seta aponta para a direita ao invés da esquerda.

Ainda não se sabe quem desenhou a logo ou quanto a equipe de Hillary pagou pelo projeto. Membros da equipe não responderam de imediato a perguntas da Reuters sobre a logo.

Logo da campanha de Hillary Clinton causou discussão entre os internautas
Logo da campanha de Hillary Clinton causou discussão entre os internautas
Foto: Twitter

A conta oficial no Twitter do WikiLeaks, organização fundada por Julian Assange que publica informações secretas vazadas de governos e corporações, tuitou sua própria logomarca, que também inclui uma seta vermelha apontando para a direita, assim como o de Hillary.

"Hillary Clinton roubou nosso logo para o Twitter do WikiLeaks", disse o grupo na rede social para seus 2,5 milhões de seguidores.

Página da candidata a presidente dos Estados Unidos, Hillary Clinton, no Twitter
Página da candidata a presidente dos Estados Unidos, Hillary Clinton, no Twitter
Foto: Twitter

Linda Fowler, professora de ciências políticas em Dartmouth, disse que achou o anúncio de Hillary bem-sucedido em geral, mas completou que a nova logomarca pode ser comparada com a de uma loja de materiais de construção.

"Talvez esteja funcionando", disse a professora a um jornalista. "Ela conseguiu que vocês escrevessem sobre o logo invés da roupa ou do cabelo".

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade