PUBLICIDADE

Mundo

Conselho de Segurança apoia plano para cessar-fogo entre Israel e Hamas

10 jun 2024 - 17h39
(atualizado às 18h03)
Compartilhar
Exibir comentários

O Conselho de Segurança da ONU adotou nesta segunda-feira uma resolução escrita pelos EUA que apoia proposta apresentada pelo presidente norte-americano, Joe Biden, para um cessar-fogo entre Israel e os militantes palestinos do Hamas na Faixa de Gaza. 

A Rússia se absteve da votação. Os outros 14 membros do conselho votaram a favor. Os EUA finalizaram o texto no domingo, após seis dias de negociações dentro do conselho. 

Biden apresentou um plano de cessar-fogo com três fases em 31 de maio que ele descreveu como uma iniciativa israelense. Alguns membros do Conselho de Segurança questionaram se Israel havia aceitado o plano para por um fim aos combates em Gaza. 

A resolução acolhe a nova proposta de cessar-fogo, "aceito por Israel, e que pede que o Hamas também a aceite e que os dois lados implementem totalmente os seus termos, sem demora e sem condições". 

"Estamos esperando o Hamas aceitar o acordo de cessar-fogo que ele alega querer", disse a embaixadora dos EUA à ONU, Linda Thomas-Greenfield, ao conselho, antes da votação.

"A cada dia que passa, continua o sofrimento desnecessário." 

A resolução também entra em detalhe sobre a proposta e afirma que "se as negociações demorarem mais do que seis semanas para a primeira fase, o cessar-fogo continuará enquanto as negociações continuarem".

Em março, o conselho exigiu um cessar-fogo imediato e a libertação incondicional de todos os reféns mantidos pelo Hamas. 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade