PUBLICIDADE

Mundo

China deixa de publicar dados diários da pandemia

País vive explosão no número de casos de Covid

25 dez 2022 - 12h43
(atualizado às 13h10)
Compartilhar
Exibir comentários

A Comissão Nacional de Saúde da China disse neste domingo (25) que não vai mais publicar dados diários de casos e mortes por Covid-19, justamente no pior momento do país na pandemia.

China relaxou restrições contra Covid após rara onda de protestos
China relaxou restrições contra Covid após rara onda de protestos
Foto: EPA / Ansa - Brasil

"A partir de hoje, não vamos publicar mais informações diárias sobre a epidemia", disse o comitê, que não deu explicações para a mudança.

A China vive uma explosão dos contágios após o fim da política de "Covid zero", que promovia testagens em massa e isolamentos de bairros e até cidades inteiras ao mínimo sinal de crescimento nos casos.

Com a disparada das infecções, hospitais passaram a lidar com superlotação de pacientes e até falta de itens sanitários. De acordo com a Comissão Nacional de Saúde, serão publicadas informações para "referência e pesquisas", mas o órgão não especificou a periodicidade dos dados.

Desde o fim da política de Covid zero, a China contabiliza oficialmente apenas seis mortes pela doença, mas o governo agora só considera falecimentos em decorrência direta de problemas respiratórios. Devido a essas mudanças, não se sabe ao certo o nível de disseminação do novo coronavírus no país atualmente. 

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade