0

Malaysia Airlines: 2 passageiros usaram passaportes roubados

8 mar 2014
16h30
atualizado às 16h53
  • separator
  • 0
  • comentários

Funcionários dos ministérios do Exterior em Roma e Viena confirmaram neste sábado que dois cidadãos europeus cujos nomes foram divulgados na lista de passageiros do voo da Malaysia Airlines que desapareceu com 239 pessoas a bordo tiveram seus passaportes roubados na Tailândia e não estavam na aeronave. O avião desapareceu menos de uma hora depois de ter decolado de Kuala Lumpur com destino a Pequim.

<p>Foto de dezembro de 2011 mostra o Boeing 777 da Malaysia Airlines, que desapareceu das telas de controle de tráfego aéreo nas primeiras horas deste sábado, transportando 239 pessoas</p>
Foto de dezembro de 2011 mostra o Boeing 777 da Malaysia Airlines, que desapareceu das telas de controle de tráfego aéreo nas primeiras horas deste sábado, transportando 239 pessoas
Foto: AP

O italiano estava viajando na Tailândia e o austríaco foi localizado em seu país natal, disseram as autoridades. 

O pai do do italiano disse que o passaporte do filho foi roubado há um ano e meio, durante uma viagem à Tailândia. "Ele deixou (o documento) com a agência de aluguel de carros e, quando devolveu o veículo, tinha desaparecido", afirmou Walter Maraldi. Ele afirmou que as autoridades não sabiam se o passaporte usado no voo era o que foi roubado ou uma cópia falsificada.

O pai disse que seu filho Luigi Maraldi, 37 anos, ligou da Tailândia para dizer-lhes que estava bem depois de ouvir notícias de que um italiano com o seu nome estava a bordo do avião desaparecido. "Não temos informações sobre quem poderia ter roubado o passaporte ", disse Weiss.

Foto: Arte / Terra

Fonte: AP AP - The Associated Press. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser copiado, transmitido, reformado o redistribuido.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade