0

Gêmeos siameses são adorados como encarnação divina na Índia

Shivanath e Shivram Sahu, de 12 anos, dividem as duas pernas e não querem se separar

10 abr 2014
16h07
atualizado às 17h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Adorados no vilarejo onde nasceram, os gêmeos siameses Shivanath e Shivram Sahu, de 12 anos, se recusam a se separar, de acordo com informações do Daily Mail.  A dupla divide as duas pernas que têm e trabalha em conjunto para sobreviver.

<p>Shivanath e Shivram Sahu aprenderam a realizar as atividaddes diárias em dupla e não querem se separar</p>
Shivanath e Shivram Sahu aprenderam a realizar as atividaddes diárias em dupla e não querem se separar
Foto: Reprodução / Twitter

Com a prática, eles aprenderam a fazer as atividades diárias básicas e supreenderam os médicos ao mostrar habilidade para levantar, se vestir e se alimentar.

Shivanath e Shivram levam uma vida normal. "Nós aprendemos a fazer tudo, vamos a escola de bicicleta e jogamos cricket sem grandes problemas", conta um dos gêmeos.

<p>O pai do gêmeos também é contra a separação dos filhos</p>
O pai do gêmeos também é contra a separação dos filhos
Foto: Daily Mail / Reprodução

Eles também são alguns dos melhores estudantes na escola local que frequentam, o que orgulha o pai, Raj Kumar, 45. Segundo o homem, que tem outros cinco filhos, ele não permitiria que um médico separasse os dois irmãos, ainda que tivesse condições financeiras para arcar com os custos da cirurgia, e que ela fosse viável: "Deus os criou dessa forma e assim permanecerão". 

Fotografias dos gêmeos foram mostradas ao doutor Krishan Chugh, chefe do setor de pediatria do Instituto de Pesquisa de Fortis, próximo à capital indiana, Nova Déli. Segundo o médico, é possível separar os irmãos, mas as consequências seriam drásticas: Shivanath ficaria sem nenhum membro inferior e dependeria de cuidados em tempo integral. Além disso, o procedimento também seria caro e o tempo de recuperação - física e psicológica - seria muito longo.

Embora os meninos não demonstrem desejo de se separar, e tenham pulmões, corações e cérebros independentes, o médico acredita que os gêmeos mudarão de opinião com o tempo.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade