PUBLICIDADE

Mundo

Apoiadores do Estado Islâmico são mortos na Rússia após ataque

Armados com facas, presos fizeram agentes carcerários de reféns

16 jun 2024 - 10h30
(atualizado às 10h39)
Compartilhar
Exibir comentários

Pelo menos seis presos do Estado Islâmico que fizeram dois agentes carcerários como reféns em um centro de detenção provisória em Rostov, na Rússia, foram mortos pelas forças de ordem locais.

    De acordo com a imprensa russa, os guardas que foram feitos de reféns saíram ilesos do ataque dos membros do grupo terrorista, que estavam armados com facas.

    Os detentos pediram para ter um carro e poder sair livremente da prisão. O grupo deveria comparecer a um tribunal sob a acusação de "terrorismo".

    A Rússia vem sendo alvo de ataques do Estado Islâmico. O último ocorreu em março, quando alguns homens armados abriram fogo em uma casa de shows nas proximidades de Moscou, deixando ao menos 144 mortos. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade