PUBLICIDADE

Rainha Elizabeth está "profundamente triste" pela morte de Mandela

6 dez 2013 06h51
| atualizado às 07h14
ver comentários
Publicidade
Mandela e Elizabeth em Londres em imagem de julho de 1996
Mandela e Elizabeth em Londres em imagem de julho de 1996
Foto: AP

A rainha Elizabeth II da Inglaterra está "profundamente triste" pela morte do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela e disse que ele "trabalhou incansavelmente pelo bem de seu país" e pela paz.

Um comunicado divulgado nesta sexta-feira pelo Palácio de Buckingham afirmou que a soberana se lembra com "carinho" dos encontros que teve com o ex-líder sul-africano e enviou suas condolências a sua família.

"A Rainha está profundamente entristecida de saber da morte de Nelson Mandela na noite passada. Ele trabalhou incansavelmente pelo bem de seu país, e seu legado é a paz que hoje vemos na África do Sul", disse a nota da residência oficial da família real. "Vossa Majestade se lembra com grande carinho de seus encontros com o Senhor Mandela e envia suas sinceras condolências a sua família e ao povo da África do Sul neste triste momento", acrescentou a nota de Elizabeth II, que tinha um apreço especial pelo ex-presidente.

Além disso, o príncipe Charles, herdeiro da coroa britânica, disse hoje em uma nota que Mandela foi o símbolo da coragem e da reconciliação, e foi também um homem "com grande (senso de) humor e entusiasmo pela vida". "Com sua partida, haverá um imenso vazio, não só na vida de sua família, mas nas vidas de todos os sul-africanos e de muitos outros, que mudaram devido a sua luta por paz, justiça e liberdade", disse a mensagem do príncipe de Gales.

O herdeiro da coroa acrescentou que "o mundo perdeu um líder inspirador e um grande homem. Minha família e eu estamos profundamente tristes e nossos pensamentos e nossas preces estão com sua família".

Na noite passada, o príncipe William da Inglaterra, neto da rainha Elizabeth II, garantiu que o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela foi uma figura "inspiradora". O duque de Cambridge, junto com sua esposa Kate, soube da morte do líder sul-africano durante a estreia em Londres do filme Mandela: Long Way to Freedom, que narra a vida de Madiba.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/nelson-mandela/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/nelson-mandela/iframe.htm">veja o infográfico</a>
EFE   
Publicidade
Publicidade