0

Em missa, Maduro presta homenagem ao 'anjo negro' Mandela

13 dez 2013
16h47
atualizado às 16h48
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente Nicolás Maduro se uniu nesta sexta-feira à homenagem mundial ao falecido ícone da luta contra o apartheid na África do Sul, Nelson Mandela, a quem definiu como "anjo negro cheio de luz" durante uma missa realizada em sua homenagem em Caracas.

Maduro presta homenagem a Mandela durante missa em Caracas
Maduro presta homenagem a Mandela durante missa em Caracas
Foto: AFP

"Nelson Mandela foi um anjo negro cheio de luz, um anjo negro que iluminou no século XX e em parte do século XXI uma humanidade que não deve esquecer a escravidão, o colonialismo e a exploração", afirmou Maduro na igreja de São Francisco, em Caracas.

Maduro elogiou ainda a vida e a personalidade de Mandela, e comparou sua "espiritualidade" com a do falecido líder venezuelano Hugo Chávez. "Nessa mesma filosofia, fomos educados pelo comandante Chávez, que nos incentivou a buscar a justiça, a igualdade, a saber perdoar quem nos causou dano", afirmou ainda.

Veja também:

Alemanha desenvolve aplicativo de rastreamento contra covid-19
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade