0

Justiça autoriza Vale a retomar Brucutu; empresa aguarda aval

Complexo de Brucutu é a principal operação de minério de ferro da companhia no Estado

19 mar 2019
16h17
atualizado às 16h53
  • separator
  • comentários

A Justiça de Minas Gerais autorizou a retomada das atividades da Vale na barragem de Laranjeiras e no complexo de Brucutu, principal operação de minério de ferro da companhia no Estado, informou a empresa em fato relevante nesta terça-feira.

Vista da Usina de Brucutu, da Companhia Vale do Rio Doce, em São Gonçalo do Rio Abaixo, a 93 quilômetros de Belo Horizonte, em Minas Gerais.
Vista da Usina de Brucutu, da Companhia Vale do Rio Doce, em São Gonçalo do Rio Abaixo, a 93 quilômetros de Belo Horizonte, em Minas Gerais.
Foto: WASHINGTON ALVES/ Light Press / Estadão Conteúdo

Segundo a Vale, a Justiça intimou a Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Estado de Minas Gerais (Semad) para que a decisão seja cumprida. Enquanto isso, as atividades permanecem paralisadas.

A mina de Brucutu representa capacidade de produção de 30 milhões de toneladas de minério de ferro, que está paralisada desde o início de fevereiro.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade