0

Iniciativas auxiliam mulheres vítimas de violência na pandemia

Com o isolamento social e a dificuldade para fazer denúncias, muitas mulheres têm buscado ajuda por telefone ou na internet

17 ago 2020
16h02
atualizado às 16h26
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As consequências trazidas pela pandemia do novo coronavírus vão além dos mortos e infectados pela doença. Com o estabelecimento da quarentena e uma série de prédios e instituições fechadas, muitas mulheres se viram obrigadas a conviver com o agressor durante 24 horas, o que fez disparar os pedidos de socorro por telefone e pela internet.

O aumento não se refletiu, porém, nos números oficiais, já que muitas mulheres estão com mais dificuldades para denunciar. De acordo com o último relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), intitulado Violência Doméstica Durante Pandemia de Covid-19, os registros de denúncias de lesão corporal dolosa contra mulheres tiveram queda de 27,2% entre março e maio de 2020. Já os registros de estupro diminuíram 50,5%. 

Uma série de iniciativas foram lançadas para combater essa violência invisível, e um novo projeto de lei decretou como essenciais os serviços de atendimento à mulher vítima de violência. Além disso, entidades e organizações do terceiro setor tiveram um papel fundamental de prestar ajuda online para essas mulheres. Confira no vídeo abaixo:

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade