PUBLICIDADE

Guilherme Mazieiro

Bolsonaro respondeu 'selva' após Cid enviar link de leilão de joias; veja mensagem

Jargão militar é usado como forma de saudação; PF aponta prática de peculato, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

8 jul 2024 - 16h42
(atualizado às 20h26)
Compartilhar
Exibir comentários
O ex-presidente Jair Bolsonaro nega crimes e irregularidades na venda de joias.
O ex-presidente Jair Bolsonaro nega crimes e irregularidades na venda de joias.
Foto: Dida Sampaio/Estadão / Estadão

As investigações de Polícia Federal indicam que o Jair Bolsonaro (PL) tinha "ciência" sobre um leilão de um conjunto de joias que ele recebeu como presente enquanto era presidente. Segundo a PF, isto fica evidenciado em uma troca de mensagem entre o ex-presidente e o então ajudante de ordens da Presidência, o tenente-coronel Mauro Cid.

"Sobre o KIT OURO ROSE há algumas mensagens trocadas entre o ajudante de ordens MAURO CID e o ex-presidente JAIR BOLSONARO, que evidenciam a ciência do ex-presidente sobre este conjunto de joias e sua destinação a leilão em uma loja em território norte-americano. No dia 04 de fevereiro de 2023, MAURO CID envia o link do leilão do KIT ROSE da loja Fortuna Auctions, que iria ocorrer no dia 08 de fevereiro, para o contato 'Pr Bolsonaro 2023', telefone utilizado pelo expresidente JAIR BOLSONARO. Este responde com o jargão “Selva".

A expressão é utilizada no meio militar como forma de saudação. Segundo a PF, Bolsonaro abriu e visualizou o link antes de responder a Cid: "Após, aproximadamente, um minuto de abertura da página pelo ex-presidente, ele envia a mensagem 'Selva' a MAURO CID", apontou a PF.

A Polícia Federal apontou que o esquema de venda de joias e presentes oficiais dados ao ex-presidente Jair Bolsonaro desviou bens no valor de US$ 4,5 milhões, equivaltentes a cerca de R$ 25,2 milhões.

O celular de Bolsonaro foi apreendido e analisado pela PF na Operação Venire, que apura um suposto esquema de fraude em cartões de vacina contra covid-19.

"Durante a sua análise foram encontrados cookies [registros de navegação] e históricos de navegação da página da empresa Fortuna Auction, responsável pelo leilão do KIT OURO ROSÉ. Os cookies são arquivos que são trocados entre uma página web e o navegador para facilitar o acesso e trocas de outras informações. Os cookies foram registrados por volta [... de] 04 de fevereiro às 17:36:26 horário de Brasília, aproximadamente 21 minutos após o envio do link do leilão por MAURO CID".

O item não foi comprado. Cid tentou agendar um novo leilão, mas depois decidiram que não venderiam mais os itens e pediram para que eles fossem encaminhados ao endereço que Bolsonaro estava morando, na Flórida. No início de 2023, após deixar a presidência e se recusar a passar a faixa para Lula (PT), Bolsonaro passou uma temporada nos Estados Unidos.

Bolsonaro responde "selva" após Cid informar sobre leilão de joia
Bolsonaro responde "selva" após Cid informar sobre leilão de joia
Foto: Reprodução/Polícia Federal

"Houve nova troca de mensagens em que a loja Fortuna tenta agendar um novo leilão para o item no dia 14 de março de 2023. Mas, como demonstrado nos relatórios anteriores, o grupo estava preocupado em fazer com que o KIT ROSÉ retornasse ao Brasil. Diante disso, MAURO CID responde que não teria mais interesse em uma nova tentativa de leilão, afirmando mais uma vez, que o proprietário teria mudado de ideia e que teria considerado o valor muito baixo".

Ao longo da investigação, Bolsonaro negou a prática de crimes. 

Fonte: Guilherme Mazieiro Guilherme Mazieiro é repórter e cobre política em Brasília (DF). Já trabalhou nas redações de O Estado de S. Paulo, EPTV/Globo Campinas, UOL e The Intercept Brasil. Formado em jornalismo na Puc-Campinas, com especialização em Gestão Pública e Governo na Unicamp. As opiniões do colunista não representam a visão do Terra. 
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade