PUBLICIDADE

Candidatos à Presidência chegam aos estúdios Globo para participar de debate

Encontro segue a lei eleitoral ao convidar os candidatos de partidos com, no mínimo, cinco parlamentares representados no Congresso Nacional

29 set 2022 - 20h46
(atualizado às 22h09)
Compartilhar
Exibir comentários
Candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) chega aos estúdios da TV Globo para participar de debate
Candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) chega aos estúdios da TV Globo para participar de debate
Foto: TV Globo

Os candidatos à Presidência da República começaram a chegar aos estúdios da TV Globo, no Rio de Janeiro, por volta das 20h30 desta quinta-feira, 29, para participar do debate presidencial, o último antes do primeiro turno das eleições. O encontro entre os presidenciáveis será a partir das 22h30.

O presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), alfinetou a emissora logo na entrada.  "Eu espero parcialidade por parte da Globo, apenas isso", afirmou à reporter da emissora. "[Não] um debate com o [William] Bonner absolvendo Lula de toda a roubalheira e de tudo o que fez de errado no Brasil." 

Presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL) chega para debate na TV Globo
Presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL) chega para debate na TV Globo
Foto: João Miguel Júnior/Globo

Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado nas pesquisas eleitorais, chegou acompanhado da esposa, Giselle Bezerra, e pediu que Deus "ilumine minha palavra" ao falar com os telespectadores. "É insanidade repetir as mesmas coisas do passado e esperar algo diferente", afirmou.

"Tenho proposta emancipadora para o Brasil que começa de onde vem o dinheiro e como fazer", completou o candidato do PDT.

Candidata à Presidência Simone Tebet (MDB) chega aos estúdios da TV Globo para participar de debate
Candidata à Presidência Simone Tebet (MDB) chega aos estúdios da TV Globo para participar de debate
Foto: TV Globo

Simone Tebet (MDB) enalteceu a importância do debate. "É o debate mais importante de todas as eleições, porque os que mais pontuam [Lula e Bolsonaro] são os mais rejeitados. O eleitor está votando no menos pior, e não no candidato do coração", pontuou. "Esse debate pode fazer toda a diferença no eleitor indeciso". 

O candidato do PTB, Padre Kelmon, foi o primeiro a chegar à TV Globo. "Essa é uma importante oportunidade para expor os valores e costumes e tudo que nós, cristãos, defendemos", afirmou ele.

Padre Kelmon (PTB) chegou às 20h35 aos estúdios da TV Globo, no Rio de Janeiro, para o debate entre candidatos à Presidência da República
Padre Kelmon (PTB) chegou às 20h35 aos estúdios da TV Globo, no Rio de Janeiro, para o debate entre candidatos à Presidência da República
Foto: João Miguel Júnior/Globo

Em sua entrada nos estúdios, Felipe d'Avila (Novo) destacou a importância do encontro para a apresentação de propostas. "Espero que tenhamos o primeiro debate para discutir proposta; o que o eleitor espera é saber como o Brasil vai sair da crise que vive hoje, voltar a crescer e gerar renda e emprego, é o que eleitor precisa saber antes de votar no dia 2 de outubro."

Luiz Felipe D’Ávila (Novo) chegou às 20h42 aos estúdios da TV Globo, no Rio de Janeiro, para o debate entre candidatos à Presidência da República
Luiz Felipe D’Ávila (Novo) chegou às 20h42 aos estúdios da TV Globo, no Rio de Janeiro, para o debate entre candidatos à Presidência da República
Foto: João Miguel Júnior/Globo

A candidata do União Brasil, Soraya Tronicke, foi ao encontro acompanhada de seu vice, Marcos Cintra. "É uma oportunidade de ouvir a todos os candidatos que aqui estão. Estou feliz com essa oportunidade. Aqui é um campo democrático", pontuou. "Acredito que ainda vivemos em uma democracia, e espero que seja assim sempre". 

Soraya Thronicke (União Brasil) chegou às 20h55 aos estúdios da TV Globo, no Rio de Janeiro, para o debate entre candidatos à Presidência da República
Soraya Thronicke (União Brasil) chegou às 20h55 aos estúdios da TV Globo, no Rio de Janeiro, para o debate entre candidatos à Presidência da República
Foto: João Miguel Júnior/Globo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT, foi o último a chegar. Ele disse esperar que a sociedade brasileira seja convencida da importância do voto. "A expectativa é a de um debate como tantos outros que nós já fizemos", afirmou em sua chegada.

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e candidato à Presidência chega para participar de debate na TV Globo
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e candidato à Presidência chega para participar de debate na TV Globo
Foto: João Miguel Júnior/Globo

Regras do debate

O debate seguiu a lei eleitoral e convidou os candidatos de partidos com, no mínimo, cinco parlamentares representados no Congresso Nacional sem impedimento na Justiça, seja eleitoral ou comum.

O debate terá quatro blocos: o primeiro e o terceiro com temas livres; o segundo e o quarto com temas determinados. Ao final do quarto bloco, cada candidato fará suas considerações finais.

Os candidatos terão 30 segundos para fazer as perguntas e um minuto para a réplica, enquanto o candidato que responde terá três minutos, que poderá dividir como quiser, entre a resposta e a tréplica.

As perguntas, em ordem sorteada previamente, serão feitas sempre de candidato para candidato. O candidato pergunta para um candidato de sua livre escolha, entre os que ainda não tiverem respondido naquele bloco. No bloco de temas determinados, a mecânica é a mesma, com o mediador sorteando em uma urna, antes das perguntas, o tema que deverá ser abordado.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade