PUBLICIDADE

TSE manda excluir página de Aloysio Nunes no site do Senado

11 jul 2014 21h45
| atualizado às 21h47
ver comentários
Publicidade

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou, em decisão liminar, que o senador Aloysio Nunes, candidato a vice-presidente pelo PSDB, tire do ar ou reformule sua página no site do Senado. De acordo com o tribunal, no endereço eletrônico há um link para a página pessoal de Aloysio, o que caracteriza propaganda irregular.

Na decisão, o ministro Admar Gonzaga determina a Aloysio Nunes “a desativação do link de sua página pessoal com o sítio do Senado Federal”. “Alternativamente, sejam retiradas todas as imagens e referências de natureza eleitoral de sua página pessoal, caso deseje manter o link com a página oficial do Senado Federal.”

A representação contra o senador partiu do comitê de campanha da presidente Dilma Rousseff. Segundo a denúncia, o Aloysio Nunes “mantém link da sua página pessoal que, inequivocamente, contém material de propaganda eleitoral flagrante, por vezes em disfarce de críticas políticas, por outras, de forma desabrida".

Guia do eleitor Guia do eleitor

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade