Quem era o Tio Sam?

  • separator

Os Estados Unidos têm cara e nome. Tio Sam, a imagem do senhor de cabelos brancos, dedo em riste e cartola na cabeça tornou-se a mais popular imagem que simboliza o país.

Imagem que representa os Estados Unidos simboliza o poder e a elegância
Imagem que representa os Estados Unidos simboliza o poder e a elegância
Foto: Getty Images

» Qual a origem do termo "erro crasso""
» De onde vem a expressão "pagar o pato"?

"O Tio Sam é os Estados Unidos. A figura do homem sério e elegante é visto como a própria imagem do país", explica Roberto Nasi, professor de inglês da Wizard Idiomas/Teresópolis, de Porto Alegre.

A personificação da nação mais poderosa do planeta também tem data de nascimento: 1812. Naquele ano, foi feito o primeiro esboço do que se tornaria, anos mais tarde, um dos desenhos mais famosos do mundo.

Segundo dados históricos da literatura americana, o Tio Sam teria sido criado por soldados americanos no norte do Estado de Nova York. Baseados lá durante ações militares, eles recebiam barris de carne com a inscrição U.S estampada, em referência a United States (Estados Unidos, em português).

Fazendo brincadeiras ao citar as duas iniciais, eles diziam que as letras U e S se referiam, na verdade, a Samuel Wilson, o dono da companhia que fornecia os enlatados de carne. Com a paródia, o apelido do "Tio Sam" foi ganhando popularidade.

Já em 1870, o cartunista Tomas Nast desenhou a imagem de quem poderia ser o Tio Sam, inspirando-se nos traços faciais de Abraham Lincoln, presidente americano que era considerado um herói nacional. A partir disso, o Tio Sam, além de uma história fictícia, passou a ter, também, uma face.

A versão com o dedo apontado no ângulo de quem olha a caricatura foi criada em 1917 pelo artista James Flagg, que acrescentou a frase I Want You (que em português significa "eu quero você"), encomendada pelas Forças Armadas americanas para o recrutamento de soldados na Primeira Guerra Mundial.

"A imagem dele ficou popularizada pelas cores da bandeira norte-americana - vermelho, azul e branco - e pela elegância, pelo porte representativo do poder dos Estados Unidos refletido em sua postura", resume o professor.

Veja também:

Cascavel Futsal goleia São José dos Pinhais na Série Ouro
Fonte: Redação Terra
publicidade