PUBLICIDADE

Veja a importância da notação científica para cálculos físicos

Representação numérica facilita a escrita de números muito grandes ou pequenos demais

2 abr 2024 - 19h30
Compartilhar
Exibir comentários

Com a necessidade de medir coisas muito grandes ou pequenas demais (distância entre planetas, tamanho de células, massa de um elétron), cientistas melhoraram a escrita do número por meio de uma representação numérica, que foi denominada como notação científica. Essa notação é uma forma de se reduzir a escrita de um número. Ela deve ser escrita sob a forma "n .10x", sendo que n é um número maior ou igual a 1 e menor que 10 (1 ≤ n < 10) e x é um expoente inteiro.

Saber utilizar a notação científica facilita a escrita dos números nos cálculos
Saber utilizar a notação científica facilita a escrita dos números nos cálculos
Foto: CandyBox Images | Shutterstock / Portal EdiCase

Ordem de grandeza

A ordem de grandeza é a análise dos números que estão na base 10. Ela é conveniada pelo Sistema Internacional de Medidas. Na física, as unidades mais utilizadas são o MKS (metro, quilograma, segundo) e CGS (centímetro, grama, segundo). Nesse caso, para as conversões de unidades, usamos a notação científica "n .10x" para números muito extensos. Assim sendo, 1 quilômetro é escrito: 1.10³.

Medidas de comprimento em metro
Medidas de comprimento em metro
Foto: Tao Consult / Portal EdiCase

Grandeza vetorial e escalar

Grandeza escalar

Não precisa de orientação. Apenas o valor da grandeza basta para deixar claro a sua ideia.

Exemplo: o tempo. Quando alguém lhe informa as horas, não interessa o sentido da hora, se é para cima, para baixo, na horizontal etc.

Grandeza vetorial

Precisa de orientação. Apenas o valor da grandeza não é o suficiente para deixar claro a sua ideia.

Exemplo: velocidade e deslocamento. Quando alguém lhe diz que um carro está a 50 km/h, falta a informação se é para frente, para trás, na horizontal, na vertical, para o norte, leste ou sul. Esse tipo de grandeza necessita de uma orientação representada por um vetor (uma seta), que indica sua direção e sentido.

Exemplo de grandeza vetorial
Exemplo de grandeza vetorial
Foto: Tao Consult / Portal EdiCase

O referencial também é importante para a utilização na física. Imagine um carro em movimento em uma estrada a 50 km/h. Se você estiver dentro do carro, ele irá parecer estático (você em relação ao carro). Contudo, se você estiver fora do carro e parado em algum ponto, ele se movimentará. O movimento sempre é considerado em relação ao seu referencial.

Por Tao Consult

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade