PUBLICIDADE

Brasil recupera nível de alfabetização de crianças pré-pandemia, aponta relatório do MEC

Expectativa é chegar em 2030 com 80% das crianças da rede pública sabendo ler e escrever

29 mai 2024 - 14h09
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O Ministério da Educação divulgou o 1º Relatório de Resultados do Indicador Criança Alfabetizada. O documento aponta 56% de crianças alfabetizadas na rede pública de ensino, cenário 1 p.p. superior ao registrado antes da pandemia da Covid-19 em 2019. A meta do MEC é chegar em 2030 com 80% de crianças alfabetizadas.
MEC divulgou relatório animador sobre alfabetização no Brasil
MEC divulgou relatório animador sobre alfabetização no Brasil
Foto: Tiago Queiroz / TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO

O Ministério da Educação (MEC) divulgou dados animadores sobre a alfabetização no Brasil. Segundo o 1º Relatório de Resultados do Indicador Criança Alfabetizada, cerca de 56% das crianças entre 6 e 7 anos foram alfabetizadas em 2023 na rede pública de ensino. O número é 20 pontos percentuais acima do declarado pelo Sistema de Avaliação Básica (Sabe) em 2021 e 1 ponto percentual acima do registrado antes da pandemia de Covid-19, em 2019. 

O relatório foi divulgado na última terça-feira, 28, e faz parte do Compromisso Nacional Criança Alfabetizada, lançado em 2022. O documento foi montado a partir das avalições feitas por cada estado e alinhado pelo MEC. Segundo o Ministério, 85% das crianças da rede pública de ensino participaram da pesquisa. 

Entre os 26 estados e o Distrito Federal, três se destacaram com os maiores percentuais. O Ceará, com 85% de crianças alfabetizadas, o Paraná, com 73% e o Espírito Santo, com 68%. Os menores índices ficaram com Sergipe, com 31%, Rio Grande do Norte e Bahia, ambos com 37%. 

Expectativa é chegar a 2030 com 80% das crianças da rede pública alfabetizadas
Expectativa é chegar a 2030 com 80% das crianças da rede pública alfabetizadas
Foto: Tiago Queiroz/Estadão - 08/08/2019 / Estadão

A melhora nos números é, segundo o MEC, o resultado de um grande investimento: pouco mais de R$ 1 bilhão foram repassados aos estados e municípios que toparam aderir à política de alfabetização. Desde que o programa foi criado, há 2 anos, 19 estados brasileiros já instituíram as políticas, enquanto 8 ainda estão na fase final do processo. 

A expectativa do MEC é ter ao menos 60% das crianças alfabetizadas na rede pública ainda em 2024. Para os próximos anos, as metas estipuladas pelo governo federal são progressivas. O cenário ideal é chegar em 2030 com 80% das crianças sabendo ler e escrever.

De acordo com o MEC, os esforços visam reduzir, cada vez mais, o impacto da pandemia na educação básica brasileira. 

Quais são os estados com menor conectividade de internet nas escolas públicas Quais são os estados com menor conectividade de internet nas escolas públicas

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade