0

Qualidade dos códigos de barras impacta a produtividade das empresas no varejo

Códigos de barras impressos corretamente podem aumentar a produtividade no varejo

10 set 2018
10h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O código de barras está presente em grande parte dos produtos vendidos pela indústria, agronegócio e comércio brasileiros há 32 anos. Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Automação GS1-Brasil, 80,65% dos produtos vendidos pelas empresas entrevistadas são identificados por códigos de barras, sendo algo considerado como essencial para as vendas por 92% dos entrevistados.

Foto: DINO / DINO

Apesar da importância do uso dos códigos de barras, os resultados desejados podem não ser alcançados se a implementação não for feita corretamente. Segundo estudo do GPA (empresa do Grupo Casino) em parceria com a GS1-Brasil, o varejo perde aproximadamente 26% de produtividade nos checkouts devido a problemas de leitura dos códigos.

Os códigos de barras sem condições de leitura geram a necessidade do cadastro manual de dados, aumentando as chances de erros. Estes erros cadastrais são responsáveis por prejuízos que giram em torno de 1 bilhão de reais por ano na indústria e no varejo, além do aumento das filas no PDV, o que por sua vez, causa insatisfação aos clientes.

Estes números são importantes para que os empresários fiquem cientes do grande impacto que a má qualidade na impressão dos códigos de barras pode causar. Tendo essa noção, eles podem identificar falhas nas operações e trabalhar estratégias que solucionem o problema, aumentando a satisfação dos clientes e os resultados da empresa.

Priorizar a integridade dos dados cadastrais é um dos pontos que mais merece a atenção do administrador. Diversas práticas podem ser utilizadas para diminuir a ocorrência de erros, entre elas a padronização dos dados e do processo de captura, além da atualização constante das informações cadastradas.

Os códigos de barras devem ser impressos de maneira correta e seus aspectos precisam ser observados pelos administradores responsáveis. O contraste das barras é um aspecto muito importante, sendo indicada a utilização de barras pretas com fundo branco. Além disso, detalhes como magnitude do código, tamanho, margens de silêncio e muitos outros detalhes devem ser levados em conta na criação do código de barras.

Como estas características são bastante técnicas, o ideal é que as empresas gerem e imprimam códigos de barras em equipamentos de alta tecnologia. Sempre seguindo normas e padrões de qualidade globais e bem estabelecidos, como a ISO (International Organization for Standardization). A impressão deve ser feita com uma impressora de código de barras adequada, com alta nitidez e capaz de imprimir códigos dentro das normas vigentes. Além disso, a utilização de leitores de alta qualidade também pode diminuir problemas no checkout.

Como é observado, o ciclo da solução dos problemas de qualidade dos códigos começa pelo uso de normas adequadas, passa pela integridade dos dados no sistema e termina na utilização de equipamentos de automação comercial adequados. Por isso é indicado aos empresários que procurem bons fornecedores de equipamentos, como a Automatech, empresa especializada em automação comercial que possui as melhores marcas e modelos de impressoras de código de barras e etiquetas.



Website: https://www.automatech.com.br/

Veja também:

Explosão no Líbano: BBC visita epicentro do desastre no porto de Beirute
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade