25 eventos ao vivo

Óleo de coco no combate à calvície: verdade ou mito?

4 ago 2016
14h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Quando o assunto é tratar a queda de cabelo, quem já não ouviu as mais diversas recomendações a respeito, desde o uso de receitas caseiras até a aquisição de determinados medicamentos?

À parte os perigos da automedicação no combate à calvície (sobre os quais já alertamos em diversas oportunidades), também é importante que as propagandas em torno de algumas práticas sejam devidamente esclarecidas pelos profissionais da Dermatologia. Por esse motivo é que, atendendo à solicitação de inúmeros usuários da internet, hoje abordaremos a questão do óleo de coco como possível recurso preventivo ou terapêutico na excessiva queda dos fios.

Embora a divulgação acerca dos efeitos do óleo do coco para o tratamento da calvície pareça recente, diversos registros na internet revelam que a pesquisa relacionada ao tema já perdura há alguns anos. E, à parte as especulações sobre os seus reais benefícios, as únicas informações que representam um consenso entre os dermatologistas especializados em patologias do couro cabeludo são as seguintes:

1. O óleo de coco é um produto natural que possui, sim, propriedades capazes de contribuir para a saúde dos cabelos;

2. Vale ressaltar que o óleo de coco possui propriedades capazes de contribuir para a saúde dos cabelos desde que utilizado de maneira correta e por pessoas que não apresentem qualquer restrição ao seu uso;

3. Não existe, porém, qualquer comprovação científica relacionada à aplicação do óleo de coco no tratamento da calvície, de modo que a ingestão dessa substância não deve atender a essa finalidade.

Portanto, ao primeiro sinal de queda de cabelo em quantidade acima do habitual, a medida mais segura e efetiva continua sendo a intervenção do profissional da área. Afinal, a calvície pode ser desencadeada por diversos fatores, e somente o dermatologista poderá diagnosticar corretamente quais as suas causas e prescrever o tratamento mais efetivo às especificidades de cada paciente.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade