1 evento ao vivo

O aquecimento do mercado imobiliário impulsiona a busca por implementação de novas tecnologias no setor

10 dez 2019
16h12
  • separator
  • 0
  • comentários

O mercado imobiliário está a todo vapor. Ao menos é o que demonstram as mais recentes pesquisas realizadas: segundo dados coletados pela Arisp, Associação dos Registradores de Imóveis de São Paulo, em conjunto com a Fipe, Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, houveram 575043 operações de compra e venda entre julho de 2018 e junho deste ano.

Foto: DINO / DINO

Diante de tantas movimentações, imobiliárias saem em busca de destaque - e fazem isso entendendo e reconhecendo a dor de seus clientes. Hoje, diante de um cenário no qual o digital se faz presente, investir nesta vertente é uma ótima jogada.

Não é pra menos: uma pesquisa realizada pela KPMG mostrou que 71% dos empreendedores entendem que devem obter ROI no primeiro ano posterior à implementação de uma nova tecnologia.

A largada foi dada  

Guilherme Tachinardi, sócio-fundador da Azular, imobiliária com foco em excelência no atendimento, compartilha sua experiência com as novas tecnologias. "Implementamos uma solução que permite aos nossos clientes caminhar pelos nossos imóveis através do celular ou computador. Nosso equipamento escaneia o imóvel completamente e o resultado é bem realista, o que dá ao cliente a chance de fechar negócio sem precisar fazer a visita física, uma vez que o material é bem fiel à realidade", conta.

Wemerson Euzébio, gerente nacional de vendas e cliente da Azular, descreve como foi sua experiência com a empresa. "Utilizei o processo de locação on-line e tive minhas expectativas atendidas em 100%. Estava buscando a possibilidade de visualizar e obter com rapidez um apartamento para locação em São Paulo, 

e não tinha disponibilidade de tempo para visita, pois morava em outro estado, no Distrito Federal. Sem o uso da ferramenta teria sido impossível fazer a escolha a distância. Muito seguro, prático e confiável."

A Azular entende que tempo é dinheiro e, por esse motivo, faz questão de desburocratizar todos os passos da escolha de um imóvel. A startup conta com a possibilidade de dispensar garantias na locação ao mesmo tempo que que consegue garantir os aluguéis aos proprietários. Já nos processos de venda e compra, conhece muito bem cada imóvel que trabalha, assim como suas particularidades e documentação, o que torna o processo eficiente e transparente do começo ao fim. 

"Nossa experiência faz com que tenhamos facilidade em resolver problemas nas documentações que poderiam ser empecilho para as imobiliárias tradicionais. Facilitamos até mesmo o que ainda não conseguimos fazer on-line, como a assinatura da escritura, pois levamos o escrevente do cartório até locais de fácil acesso aos vendedores e compradores.Entendemos que o tempo dos envolvidos é precioso e precisamos valorizá-lo", menciona Guilherme.

Paloma Barros, também sócia da startup, cresceu em uma imobiliária tradicional. Sua família está no ramo há 45 anos e, a partir dessa experiência, decidiu criar sua imobiliária com Guilherme, de quem é sócia já há cinco anos. "Inovando, mas sem deixar de pôr em prática o que realmente funciona", diz ela. Paloma menciona a importância da excelência no atendimento, que acredita acabar se perdendo quando uma empresa decide escalar seu negócio. "Somos uma imobiliária on-line, mas que conta com um espaço físico acolhedor para aqueles que optarem por nos conhecer pessoalmente. Atendemos nossos clientes de acordo com suas necessidades e particularidades e isso inclui estarmos disponíveis sempre que precisarem nos contatar, seja durante o horário comercial ou depois dele."

Facilitadores de processos

A Azular é uma startup que visa diminuir processos burocráticos, se empenhando em solucionar problemas e proporcionar experiências únicas, como o Tour Virtual 3D, além de focar em excelência na venda e no pós venda. Saiba mais: azular.com.br



Website: http://www.azular.com.br

Veja também:

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade