1 evento ao vivo

Morar no exterior? O que atrai os brasileiros para fora?

Aventura, curiosidade, realizar um sonho. Morar fora sempre esteve entre os desejos de muitos brasileiros.

28 set 2016
11h23
  • separator
  • comentários

Mesmo estando entre os 12 países mais cobiçados por estrangeiros para se morar, segundo pesquisas feitas pelo WIN (coletivo de institutos mundiais de pesquisa), os brasileiros continuam desejando morar no exterior.

Em pesquisas sobre o perfil do jovem brasileiro de 16 a 24 anos , 65% dizem que tem vontade de morar fora do pais. Este número, em 2008, segundo o Instituto Datafolha, era de 42%.

Mas o que leva os estrangeiros e os brasileiros a terem uma visão tão antagônica do país? Com certeza alguns estereótipos.

Para tentar achar estas respostas, fomos buscar depoimentos de brasileiros que moraram fora do país - aproveitando a oportunidade para estudar um idioma estrangeiro - e quais suas percepções dessa experiência.

MORAR EM SAN DIEGO, EUA

Foto: DINO

Segundo Milena Canto Sae, que passou 4 meses morando no exterior , em San Diego, uma das constatações desmistificadoras do sonho de morar fora foi a quantidade de moradores de rua no centro da cidade.

Por outro lado, sua opinião sobre o transporte público é outra:
"Morar em San Diego é bem diferente das cidades do Brasil. Por isso, acredito que os brasileiros, de modo geral, ficam entusiasmados com a eficiência e conforto do transporte público. Todavia, conversando com estudantes asiáticos, eles não acham tão eficiente, pois acontece dos ônibus atrasarem alguns minutos, mas no país deles isso não acontece".

Outra decepção da menina foi a alimentação, fato que costuma desagradar muitos brasileiros que vão morar no exterior. Mas, no geral, achou tudo muito positivo.

5 MESES NA NOVA ZELÂNDIA

Já a carioca Clícia Alemida passou 5 meses em Auckland . Por ser engenheira de produção, sentiu a necessidade de melhorar o inglês e optou por morar no exterior para conseguir isso.

Inicialmente ele ficou por 2 meses em uma casa de família, mas depois preferiu se mudar para um hostel, com quarto individual.

Sobre a população local, ela comenta: "Os neozelandeses são tímidos, mas muito tranquilos, carinhosos e amigáveis com estrangeiros. Há muita gente de fora, principalmente asiáticos. Por isso, a população local está acostumada".

Clícia classifica a experiência de ter morado fora muito positiva, só um detalhe a incomodava: o alto custo de vida da cidade!

COMO É VIVER 1 ANO NA IRLANDA?

"Foi uma mistura entre necessidade para carreira e a vontade de conhecer outros países", declara Gustavo Ribeiro, que escolheu a cidade de Cork como seu destino para morar no exterior .

Ele continua: "Bom, foi um pouco difícil de encontrar emprego no começo" - Na Irlanda é permitido trabalhar e estudar legalmente, dependendo do curso que fizer no país - "Resolvi ir entregando de porta a porta meu currículo e pouco tempo depois consegui uma entrevista de emprego nesse restaurante de frutos do mar".

De uma residência estudantil, Gustavo se mudou para dividir um quarto com um colega e, depois de 6 meses, passou para uma casa. Gostou muito da cidade e recomenda a experiência de morar no exterior, só reclama um pouco do frio e da umidade da Irlanda...

O que se pode perceber desses relatos é que nem tudo é uma maravilha lá fora, mas as pessoas costumam valorizar bastante a experiência e raramente se arrependem. A dica, antes de partir definitivamente, é fazer como eles, passar um tempo fazendo intercâmbio para "testar" se é aquele mesmo o país certo.

Foi o que fez Pierre Pereira, advogado de Caxias do Sul, que além de morar 3 meses em Cape Town, África do Sul , ainda esticou para Austrália, Nova Zelândia, Malta e Itália.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade