PUBLICIDADE

Desempenho em língua estrangeira pode fazer diferença no ENEM 2016

Especialista em inglês para a prova dá dicas sobre as questões mais comuns e as famosas "pegadinhas"

4 nov 2016 13h26
ver comentários
Publicidade

Desde 2010, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passou a cobrar conhecimentos em línguas estrangeiras, que podem ser Inglês ou Espanhol. Das 45 questões totais da área de linguagens, códigos e suas tecnologias, 5, são da língua estrangeira escolhida pelo aluno no ato da inscrição. Ou seja, representação de 11%, suficientes para fazer a diferença no resultado e, consequentemente, na classificação dos processos seletivos das universidades.

O inglês, embora seja totalmente diferente da Língua Portuguesa, esteve presente no currículo de aulas do Ensino Fundamental e Médio. Além disso, a língua é conhecida mundialmente e serve como canal de comunicação entre pessoas em todo o exterior, no entanto, grande parte dos candidatos que não estudaram nenhum dos dois idiomas, acaba escolhendo o espanhol pela proximidade com o português. Contudo, aqueles que escolhem o inglês acabam apresentando um desempenho melhor. De acordo com os microdados do Enem, a média de acertos de questões de Inglês é de 45% e a de Espanhol de apenas 34%.

"A prova de inglês do Enem não é difícil, verificando realmente o que é básico e necessário para quem vai precisar ler em inglês na sua vida acadêmica ou profissional. Para isso é bom que o candidato tenha uma boa prática de leitura, com domínio do vocabulário básico e, de preferência, esteja habituado a utilizar as estratégias de leitura mais importantes" conta o professor Amadeu Marques, autor do livro "Inglês para o ENEM" da DISAL Editora.

Confira as dicas de inglês:
• Conheça os pronomes: saiba a quem eles se referem e entenda o contexto no qual estão inseridos. Atenção, para terceira pessoa os verbos têm uma conjugação diferente dos demais. (I, You, He, She, It, They, We, You)
• Phrasal verbs e idiomatic expressions: Conheça verbos e expressões sinônimas mais comuns. (Wake up - acordar | Give up - desistir | Go on - continuar)
• Falsos Cognatos: São as palavras que se assemelham na escrita ou no som, mas que tem significados diferentes. (EX: Actually - na verdade | atualmente - currently, nowadays)
• Conjunções: São geralmente utilizadas para adicionar informação, contrastar ideias ou apresentar uma condição. É muito importante entender a função das conjunções, como (Although - embora | Regardless - independentemente | once - uma vez)
• Prefixos e sufixos: Conheça o significado dos principais deles e veja como as transparent words podem auxiliar no entendimento do texto.

Exemplos: em inglês a terminação ty geralmente corresponde a dade em português: opportunity, community, university.

A terminação ation, ition ou ission geralmente corresponde a ação ou ição em português: nation, situation, frustration.

A terminação ous geralmente corresponde a oso ou osa em português: generous, delicious, famous.

A terminação ance geralmente corresponde a ância em português: ignorance, importance, relevance.

A terminação ence geralmente corresponde a ência em português: evidence, independence, inteligence.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade