7 eventos ao vivo

Ava, a Assistente Virtual da Abrasel, tira mais de 10 mil dúvidas sobre setor de bares e restaurantes

15 jan 2020
23h37
  • separator
  • 0
  • comentários

A Inteligência Artificial (IA) está cada vez mais presente em diversos segmentos da economia e mudando a forma de atendimento das empresas. Dispositivos de assistência virtual como Siri, Alexa e robôs de atendimento como a Bia (do Bradesco), Lu (do Magazine Luiza), dentre outros, estão se popularizando. Atenta às transformações e novas tendências, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) desenvolveu a Ava - Assistente Virtual da Abrasel - para tirar dúvidas sobre gestão, legislação e mercado e, assim, melhorar a produtividade dos negócios do mercado de Alimentação Fora do Lar.

Foto: DINO / DINO

Por meio da inteligência artificial, que consiste no desenvolvimento de mecanismos capazes de simular o raciocínio humano, a assistente virtual consegue interagir com o usuário, direcionando-o para caminhos que levam à resolução da demanda apresentada. Isso permite um suporte mais rápido e amplo, em qualquer hora ou lugar. Desenvolvida com uma ferramenta de assistência virtual da IBM, a Ava oferece mais de 10 mil perguntas e respostas - com 500 temas e até 30 variações cada - para esclarecer as dúvidas dos empresários do setor.

As perguntas e respostas, de acordo com José Eduardo Camargo, Diretor de Conteúdo da entidade, estão disponibilizadas em formatos de texto, link e documentos. Quando não há uma resposta direta, a Ava disponibiliza o acesso a mais de 1000 documentos cadastrados, em formato de PDF, sobre o assunto solicitado. "Neste caso, a assistente vai indicar o melhor documento ou um curso para o empresário fazer", conta.

"Sabemos que empreender é um desafio importante, que exige foco no cliente e nas especificidades de cada atividade. Queremos contribuir, consolidando todo conhecimento e inteligência a que temos acesso no contexto da Abrasel e disponibilizar para cada empreendedor", afirma o presidente-executivo da Associação, Paulo Solmucci. "Nosso objetivo é fazer, de fato, a diferença no dia a dia de quem empreende no nosso setor, deixando sua vida mais simples e, acima de tudo, permitindo que ele produza mais com menos, enfatiza.

Alguém pode estar se perguntando: mas o que isso se diferencia das informações já apresentadas pelos sites de busca existentes na internet? Principalmente a confiabilidade. O presidente da Abrasel RMC (Região Metropolitana de Campinas), Matheus Mason, explica que a Ava é um serviço totalmente diferenciado das assistentes disponíveis no mercado. "Ela é foi pensada para atender especificamente bares, restaurantes e alimentação fora do lar, envolvendo pessoas técnicas, com larga experiência e conhecimento em todos os segmentos do setor", avalia. "Na Ava, os empresários vão encontrar um conteúdo curado, trabalhado, desenvolvido e analisado especificamente para o setor, com respostas técnicas e objetivas para milhares de problemas".

Outro benefício da Ava, pontua Mason, é que ela permite ao empresário que está pensando em abrir o seu próprio negocio começar com informações embasadas e já testadas pelo setor. "Com base em melhores informações, o empreendedor acelera tempo de abertura e desenvolvimento do negócio, reduz riscos e ganha produtividade operacional, uma vez que ele está trocando experiências com empresários de seu segmento".

Na internet, milhares de links aparecem para os usuários e cabe a eles identificar a procedência. Além disso, as respostas dadas pela assistente virtual da Abrasel foram preparadas para ajudar as pessoas de forma mais completa possível, sempre com foco no setor. Perguntas como "o que preciso fazer para abrir um restaurante" ou "como funciona o trabalho intermitente", agora podem ser respondidas com poucos cliques, facilitando o dia a dia do negócio. Outro ponto importante, é que a inteligência artificial permite que a Ava aprenda com cada usuário que interage, de maneira rápida e exponencialmente assertiva.

Como funciona

De acordo com Douglas Ribeiro, analista Watson na Kukac, empresa responsável pelo sistema Watson da Ava, a assistente tem três níveis de resposta: o primeiro é a resposta padrão em texto, o segundo é a indicação de um curso sobre o assunto, e o último é a entrega de algum documento, como manuais e leis que possam complementar a explicação.

"É um processo de treinamento inicial assistido. Vamos treinando ela como professores mesmo". Por isso, o analista reforça que quanto mais as pessoas vão utilizando a Ava, mais inteligente ela fica. "É um processo contínuo e ela está sempre em desenvolvimento. A Bia, do Bradesco, por exemplo, demorou cerca de 3 anos para ser lançada", conta.

Bruna Martins, líder da Rede Abrasel, explica que a interação dos empresários com a assistente virtual também é muito importante para que seja possível mapear as "dores" do setor; as preocupações dos empresários e sobre quais assuntos eles precisam estar mais informados. "Assim a Abrasel pode pensar ações e até mesmo produção de conteúdos que ajudem essas pessoas", salienta.

Para acessar a Ava, é preciso acessar o endereço ava.abrasel.com.br e fazer a sua pergunta.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade