7 eventos ao vivo

Adestrar cachorro - pesquisa revela que perfil dos donos influencia os animais

Estudos mostram fatores que determinam o comportamento dos cachorros podendo ser melhorado por meio de adestramento completo em casa.

26 fev 2021
18h52
atualizado em 1/3/2021 às 08h40
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O convívio com animais de estimação é, sem dúvidas, uma das atividades mais antigas e prazerosas da humanidade por permitir o conhecimento de cães das mais variadas raças, principalmente através de treino como adestrar cachorro, que possibilita harmonia entre a relação de cão e dono.

Foto: Freepik / DINO

Alguns dos prazeres que os donos de cachorros domésticos contam incluem, por exemplo, brincadeiras e ações simples executadas por estes animais, além de uma grande preocupação com sua saúde e bem-estar em geral.

Assim como acontece com filhos biológicos os cachorros precisam dos mais variados cuidados incluindo, educação completa que permita a sua convivência nos mais variados locais sem causar problemas ou complicações.

Com isso, a atividade relacionada com adestrar cachorro permite não apenas melhoria do comportamento, mas também possibilita o conhecimento dos fatores que mais interferem para o sucesso deste treinamento.

Quanto ao adestramento canino em casa, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola de Medicina Veterinária da Universidade da Pensilvânia - Estados Unidos - o seu modo de se comportar está relacionado não apenas com sua biologia como também com a personalidade do seu dono.

Neste estudo, realizado com um total de 262 voluntários foi analisado o comportamento dos animais e, também, de seus donos podendo identificar a importância no momento de adestrar cachorros para a redução de fatores externos nas suas respostas.

Além de compreender alguns pontos que podem levar o cachorro a ser mal-educado incluem a repetição de comportamentos dos seus proprietários permite que sejam usadas técnicas de adestramento para ensinar o que é recomendado em qualquer idade que tiverem.

Cuidados específicos para adestrar cachorros bagunceiros

A partir desta consideração, abordada anteriormente segundo pesquisa da Universidade da Pensilvânia, é possível constatar que ao adestrar cachorro se pode aproveitar uma combinação de abordagens treinando com qualidade este tipo de animal em qualquer idade que esteja.

Como forma de auxiliar nestas atividades, de acordo com orientações de profissionais veterinários em reportagem do Portal Terra, é importante conhecer alguns cuidados específicos neste sentido, sendo que os principais são:

1) Não fazer xixi e fezes em qualquer lugar

O cuidado primário e mais essencial, quando pensa em melhorar o comportamento de um cachorro de estimação é, sem dúvidas, o adestramento para que faça suas necessidades em um único lugar.

Como os cachorros são guiados, nas suas mais variadas atividades, pelo cheiro aplique no local que será o banheiro dele desinfetante à base de cloro que acaba com o cheiro, mas não cria um odor diferente garantindo, assim, que este animal vai utilizar somente este local.

2) Não incomodar a todos com latidos constantes

Uma das principais buscas, relacionadas com donos de cachorros mais bagunceiros, diz respeito a fazer a partir do adestramento que pare com os latidos constantes sempre que chega alguém em casa ou, ainda, quando ouve barulhos diferentes.

Existe uma estratégia simples e prática que consiste em jogar uma garrafa de plástico, que não vai machucar, na direção dele sempre que latir repetindo este processo nos momentos em que o latido estiver incomodando.

3) Não morder todos os móveis e itens em casa

Um dos grandes problemas no comportamento de cachorros considerados bagunceiros, diz respeito exatamente à destruição de móveis ou dos mais variados objetos que são rasgados, comidos bem como simplesmente quebrados.

Algumas medidas consideradas até simples podem ter um ótimo resultado como borrifar água com algum cheiro que vai incomodar o cão como, por exemplo, pimenta. Pode, ainda, usar outro tipo de odor do qual ele não goste.

É importante mencionar, neste momento, que os cuidados sugeridos conforme reportagem do Portal Terra não são os únicos para ajudar na melhoria do comportamento de cachorro, mas são algumas sugestões interessantes e que podem dar resultado.

Além disso, é necessário considerar a exigência de contar com muita paciência no processo de adestrar cachorro para a mudança do comportamento porque leva certo tempo até que consiga ver os resultados esperados. A persistência com muito carinho junto ao bicho de estimação é a chave para sucesso.

Apoio qualificado para adestrar cão em casa

As exigências relacionadas com a pandemia do novo coronavírus, com destaque para a necessidade de distanciamento social, fortaleceram a necessidade de busca por adestrar cachorro em casa, uma vez que os donos dos animais não precisaram sair dos seus lares para treinar o seu cachorro.

Neste cenário, é possível contar e-books específicos que são especializados em adestramento canino para auxilia-los na missão de educar o seu animal sem correr quaisquer riscos de contaminação.

Referências:

https://adestrar-cachorro.com

https://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/comportamento-dos-caes-depende-da-personalidade-de-seus-donos-25012021

https://www.terra.com.br/vida-e-estilo/cachorro-bagunceiro-confira-dicas-de-como-educar-seu-pet,874c5d8105f4f775627a0984e4772033blpuifa8.html



Website: https://adestrar-cachorro.com

Veja também:

Huawei e Xiaomi desafiam Tesla no mercado automotivo
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade