PUBLICIDADE

Demolição do 'Esqueletão' em Porto Alegre é suspensa por riscos aos trabalhadores

A reversão da medida é possível mediante a correção dos problemas identificados pelo Ministério do Trabalho e Emprego

28 fev 2024 - 22h25
Compartilhar
Exibir comentários

Na terça-feira  (27), a Superintendência Regional do Trabalho determinou a suspensão da demolição do edifício situado no Centro Histórico de Porto Alegre, popularmente conhecido como "Esqueletão". Durante uma inspeção, auditores fiscais do trabalho identificaram potenciais riscos para os trabalhadores envolvidos na obra, todos vinculados à empresa de demolição FBI, que foi contratada pela Prefeitura.

Foto: Alex Rocha/PMPA / Porto Alegre 24 horas

O auditor Sérgio Augusto Letizia Garcia apontou preocupações específicas, destacando a exposição dos trabalhadores a riscos de queda devido à ausência de proteção em áreas periféricas da obra, nas escadas de acesso coletivo, nos vãos dos poços de elevadores e nas aberturas do piso. Além disso, ressaltou a necessidade urgente da instalação de um elevador de cremalheira para garantir o transporte vertical seguro de trabalhadores e materiais.

Dessa forma, a interrupção do processo de demolição, iniciado em janeiro deste ano com a preparação do edifício e o uso de telas protetoras, foi oficialmente determinada. A prefeitura foi informada sobre essa decisão na última sexta-feira (23) e recebeu a notificação oficial na terça-feira (27).

A reversão da medida é possível mediante a correção dos problemas identificados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) pela empresa responsável pela demolição. A conclusão original do serviço estava programada para ocorrer até a metade deste ano.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade