0

Wuhan volta a registrar caso da covid-19 após 1 mês

Cidade chinesa é o epicentro da pandemia do novo coronavírus

10 mai 2020
09h42
atualizado às 09h56
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A cidade chinesa de Wuhan, "marco zero" da pandemia do novo coronavírus, voltou a registrar um caso depois de pouco mais de um mês.

Pessoas usando máscara no rio Yangtze, em Wuhan, na China
Pessoas usando máscara no rio Yangtze, em Wuhan, na China
Foto: EPA / Ansa

Segundo a Comissão Nacional de Saúde da China, trata-se de um idoso de 89 anos residente no distrito de Dongxihu, onde o risco epidemiológico foi elevado de pequeno para médio. O paciente está em estado crítico.

Wuhan já contabiliza 50.332 casos e 3.869 mortes pelo novo coronavírus, mas não registrava novos contágios desde 3 de abril, após ter passado mais de dois meses em um regime de quarentena severa.

A China, segundo dados oficiais, tem 83.994 casos da covid-19 e 4.637 óbitos. Em todo o mundo, o novo coronavírus já contaminou mais de 4 milhões de pessoas e deixou cerca de 280 mil mortos.

Veja também:


   

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade