PUBLICIDADE

Vila Olímpica registra 2 primeiros casos de atletas infectados com Covid

Um terceiro atleta também foi diagnosticado, mas não está hospedado no local

18 jul 2021 04h38
| atualizado às 08h48
ver comentários
Publicidade

A menos de uma semana da abertura dos Jogos de Tóquio, dois atletas hospedados na Vila Olímpica testaram positivo para covid-19, informaram os organizadores neste domingo, 18. Não foram revelados detalhes sobre a identidade dos competidores, exceto que ambos não são japoneses. Segundo o diretor do Comitê Organizador, Hidemasa Nakamura, eles foram colocados em isolamento em seus quartos.

Fora da Vila, um terceiro atleta, também não japonês, foi diagnosticado com a doença. Este, que igualmente não teve nome e nacionalidade divulgados, não está morando na residência oficial dos Jogos, mas tem seu caso acompanhado pela organização do evento.

Também neste domingo, foi confirmado o primeiro caso de infecção por coronavírus de um membro do Comitê Olímpico Internacional (COI). Ryu Seung-min, da Coreia do Sul, testou positivo no sábado ao desembarcar em Tóquio e está sendo mantido em isolamento.

O presidente do COI, Thomas Bach, disse na semana passada que considera haver "risco zero" de transmissão entre atletas durante os Jogos. Dados oficiais do evento mostram que 55 pessoas ligadas às Olimpíadas foram diagnosticadas com covid desde 1º de julho.

Atletas chegam a Tóquio
Atletas chegam a Tóquio
Foto: Issei Kato

No sábado, 17, foi relatado o primeiro caso da doença na Vila Olímpica, mas o infectado não era competidor. Quanto aos dois testes positivos deste domingo, Nakamura afirmou que a situação está controlada, dado que ambos seriam da mesma delegação e modalidade esportiva.

A residência oficial foi inaugurada há apenas cinco dias, na última terça-feira, e recebeu o primeiro atleta, o brasileiro João Victor Oliva, na quinta-feira, 15. O local hospedará 11 mil competidores e milhares de pessoas pertencentes às equipes de apoio pelas próximas semanas.

Os casos de Covid na Vila Olímpica acendem um alerta sobre a segurança dos Jogos em meio à pandemia, sobretudo considerando que a própria população japonesa tem se mostrado crítica à realização do evento. Tóquio registrou 1.410 casos de Covid no sábado, 17, o maior número em seis meses. Foi também o 28º dia consecutivo em que a quantidade de infectados foi maior que nos sete dias anteriores.

Estadão
Publicidade
Publicidade