PUBLICIDADE

Pessoas muito alérgicas não devem tomar vacina da Pfizer

Duas pessoas tiveram reação após receber o imunizante no primeiro dia de vacinação contra o coronavírus no Reino Unido

9 dez 2020 09h20
| atualizado às 09h36
ver comentários
Publicidade

Órgãos reguladores do Reino Unido afirmaram nesta quarta-feira, 9, que pessoas com um "histórico significativo" de reações alérgicas não deveriam receber a vacina contra a covid-19 da Pfizer e da BioNTech.

Mulher segura recipiente com adesivo de vacina da Covid-19 e seringa ante logo da Pfizer
30/10/2020
REUTERS/Dado Ruvic
Mulher segura recipiente com adesivo de vacina da Covid-19 e seringa ante logo da Pfizer 30/10/2020 REUTERS/Dado Ruvic
Foto: Reuters

A recomendação deve durar enquanto autoridades locais investigam dois casos de reação alérgica ocorridos no primeiro dia de vacinação em massa no país. O Reino Unido começou a imunizar idosos e profissionais de saúde nessa terça-feira, 8.

O professor Stephen Powis, diretor médico nacional para o Serviço Nacional de Saúde na Inglaterra, disse que as autoridades de saúde agem a partir de uma recomendação da agência reguladora de medicamentos do país. A informação foi divulgada em comunicado, segundo o qual as pessoas que tiveram reação "estão se recuperando bem".

* Com agências

Estadão
Publicidade
Publicidade