0

Brasil registra 698 mortes e 49.863 casos de covid-19 em 24h

O que eleva o total de mortes para 174.515 e de infecções para 6.436.650, informou o Ministério da Saúde.

2 dez 2020
18h24
atualizado às 21h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Brasil registrou nesta quarta-feira 49.863 novos casos de coronavírus, o que eleva o total de infecções confirmadas no país a 6.436.650, informou o Ministério da Saúde.

Também foram notificados 698 novos óbitos em decorrência da Covid-19, com o total de mortes pela doença atingindo 174.515, acrescentou a pasta.

Em meio ao que o ministério chama de "repique" da Covid-19, este é o segundo dia consecutivo em que a contagem de casos no país gira em torno dos 50 mil e o número de mortes se aproxima dos 700 -- na véspera, foram notificados 50.909 casos e 697 óbitos.

O consórcio de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL levantou, junto às secretarias estaduais de Saúde, 669 mortes e 48.107 casos nas últimas 24 horas. Ao todo, os veículos de imprensa registraram 174.531 mortes e 6.436.633 infecções pelo novo coronavírus.

O Brasil é o segundo país com maior número de mortes por coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro em casos, abaixo dos EUA e da Índia.

Mulher visita cemitério no Rio de Janeiro
02/11/2020
REUTERS/Ricardo Moraes
Mulher visita cemitério no Rio de Janeiro 02/11/2020 REUTERS/Ricardo Moraes
Foto: Reuters

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, disse nesta quarta-feira que a rede de saúde está preparada para um "repique, uma nova incidência, um incremento de acometimentos de doença", voltando a defender o diagnóstico precoce como caminho para mitigar os efeitos da doença.

"Mesmo em alguns momentos em que oscilou para cima a quantidade de incidência de doenças e, por ventura, de internações, a quantidade de óbitos reduziu quando observamos os itens percentuais", afirmou Franco.

"A letalidade da doença diminuiu justamente por causa do diagnóstico precoce, do tratamento precoce e de todas as lições aprendidas... Isso tudo tem evitado o agravamento do quadro clínico e mitigado o sofrimento da população", acrescentou.

Veja também:

Como as novas variantes do coronavírus podem afetar a vacinação contra covid
Estadão Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade