0

Região Centro-Oeste - tendência para o inverno 2019

Saiba como o El Niño vai interferir na chuva e na temperatura da estação

21 jun 2019
13h29
  • separator
  • 0
  • comentários

O inverno de 2019 começa oficialmente às 12h54 de 21 de junho e vai até 23 de setembro, às 4h50, horários de Brasília.

Dias ensolarados, quase sem nuvens e com ar muito seco à tarde é uma das principais características do inverno na Região Centro-Oeste. A população sofre com a secura do ar do inverno. Na maior parte da estação, a umidade relativa do ar fica entre 20% e 30% à tarde, que são valores muito abaixo dos 60% recomendado pela Organização Mundial da Saúde para o conforto humano.

A ocorrência de chuva no Centro-Oeste durante o inverno depende da passagem de frentes frias e só alguns poucos sistemas que conseguem avançar pelo interior do Brasil provocam alguma chuva sobre o Centro-Oeste. Muitas vezes, mesmo estas grandes frentes frias, provocam aumento da nebulosidade e queda da temperatura, mas nada de chuva.

A secura é sentida no ar e na terra. O inverno é época de queimadas, que se intensificam no fim da estação quando os terrenos começam a ser preparados para o plantio da nova safra de verão. A falta prolongada de chuva facilita a expansão dos focos de fogo, pois a vegetação fica bastante ressecada.

Algumas frentes frias conseguem provocar queda de temperatura muito acentuada no Centro-Oeste fazendo a temperatura baixar para menos de 10°C em muitas áreas de Mato Grosso do Sul, de Mato Grosso e até de Goiás. O estado de Mato Grosso do Sul é umas áreas do país sujeitas a geada durante o inverno.

Inverno 2019 no Centro-Oeste

Com a influência do El Niño,  durante o inverno de 2019, quase todas as ondas de frio vão ser desviadas para o oceano. Poucas incursões de ar frio serão sentidas no Centro-Oeste. Por isso, na maior parte da estação,  a sensação será de outono ou primavera, com noites um pouco frias, mas  tardes relativamente quentes.

O tempo seco predomina na maioria das áreas do Centro-Oeste durante o inverno de 2019. Vale lembrar que é muito comum não chover por várias semanas consecutivas na Região.

No mês de julho, a passagem de frentes frias e a formação de sistemas de baixa pressão atmosférica trazem pancadas de chuva para a maioria das áreas de Mato Grosso do Sul. Eventos de chuva forte podem ocorrer especialmente no sul deste estado.

Em agosto, o tempo muito seco predomina em toda a Região Centro-Oeste.  A temperatura fica acima da média. Mas para setembro espera-se um aumento de umidade, de forma geral, que vai permitir a ocorrência de algumas  pancadas de chuva sobre a maior parte da Região. Porém, a chuva que ocorrer será em pequenas áreas, mal distribuída e sem grandes volumes.

Foto: Climatempo

Resumo da previsão para o inverno de 2019 segundo a Climatempo

Confira a tendência climática do inverno de 2019 na Região Centro-Oeste com a meteorologista Graziella Gonçalves.

Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade