2 eventos ao vivo

Nuvem de gafanhotos pode chegar ao Brasil em breve

Chuva dos próximos dias pode atrapalhar migração dos insetos

24 jun 2020
17h40
atualizado às 17h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O ano de 2020 tem sido desafiador para os agricultores da Região Sul. Após vários meses de forte estiagem, que atingiu principalmente as lavouras de soja do Rio Grande do Sul, agora a preocupação dos produtores é outra: o avanço de uma densa nuvem de gafanhotos.

A nuvem de pragas, que se originou no Paraguai, já atingiu campos da Argentina e está se deslocando em direção a áreas brasileiras próximas à fronteira com o Uruguai, como o oeste e sul gaúcho. 

Ao atingir as lavouras e pastagens, os gafanhotos são capazes de causar grandes devastações em um curto período, o que gera vários prejuízos para a agricultura. Por isso, é importante que os produtores fiquem atentos à necessidade de fumigação em suas propriedades.

Foto: Climatempo

Chuva deve inibir migração de gafanhotos

A partir de quinta-feira, dia 25 de junho, o avanço de uma grande frente fria vai provocar vários temporais na Região Sul do país. De acordo com a engenheira agrônoma da Climatempo, Tatiane Cravo, a chuva e as baixas temperaturas inibem a migração dos gafanhotos. Por isso, mesmo que eles consigam chegar às localidades produtoras, serão em menor número e não devem causar grandes perdas para a agricultura. 

Na sexta, no sábado e no domingo, a entrada de uma forte massa de ar frio de origem polar vai provocar geada em amplas áreas do Rio Grande do Sul e também de Santa Catarina, que poderão registrar mínimas abaixo dos 5°C.

Veja também:

Previsão Brasil - Frente fria influencia o Sudeste do país
Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade